Garotas fãs de Cristo: Conselhos de amiga para amiga

Conselhos de amiga para amiga

Às vezes faz uma falta ter uma amiga para conversar e pedir conselhos, e ficamos com aquela dúvida ou sentimento dentro da gente sem poder contar para ninguém. Bem, se você se sente assim, tenho algo para lhe dizer: Você pode contar comigo. Pois ao longo destes anos tenho sido a “irmã mais velha” de muitas e muitas meninas aqui no blog, e você pode ser mais uma delas com muito prazer. Por isso, hoje eu separei uns 10 conselhos práticos de amiga para amiga de como temos que agir nesta vida – até rimou. E olha amiga, não fica com raiva de mim não, pois eu só quero o teu bem. E se você quiser pode ficar a vontade para ler vários outros posts meus, principalmente aqueles que falam de relacionamentos amorosos que é a grande dúvida das meninas. Mas chega de papo e vamos para os conselhos...


1) Tenha cuidado no que fala.

Quando falamos algo não podemos mais voltar atrás, e é por isso que devemos tomar todo o cuidado possível, pois tudo o que a nossa boca proferir, teremos que prestar contas diante de Deus (Mt 12.36). Assim, de sua boca não pode sair mentiras, pois quem é o pai da mentira é o Diabo (Jo 8.44); nem palavrões e conversas inconvenientes (Ef 4.29, 5.4). E não seja aquela menina que diz “amiga, nem te conto” e começa a fofocar com a outra, pois isso é feio, e fofoca não é coisa de um verdadeiro cristão (Pv 11.13). A partir de agora só abra a sua boca para abençoar!

“O que você diz pode salvar ou destruir uma vida; portanto, use bem as suas palavras e você será recompensado.” (Provérbios 18.21)

2) Nunca se vingue.

Quando uma pessoa começa a falar mal de você; ou te responde de forma grosseira; ou até mesmo faz coisas ruins para contigo; e quando há pessoas que te odeiam sem motivo algum; o que você deve fazer: dar o troco na mesma moeda ou tratar de um modo gentil sem revidar? Por mais que isso pareça difícil, a segunda opção é a correta. A Bíblia diz que não devemos pagar o mal com o mal (Rm 12.17), pelo contrário, devemos amar, orar, desejar e fazer o bem (Lc 6.27,28) para estas pessoas. Por isso, na próxima vez que acontecer algo dessa maneira, não dê lugar a ira (Ef 4.26). Sabe o que você tem que fazer? Pagar o mal com bem, por que quando você age sem ser vingativo, aquela pessoa que te fez o mal irá ficar a refletir o porquê de você não agir da mesma forma (Pv 25.21,22) – e essa é uma ótima forma de mostrar que Cristo está na sua vida e que a transformou. Nunca se vingue de alguém; deixe que Deus faça isso por você (Dt 32.35)!

“Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: "Minha é a vingança; eu retribuirei", diz o Senhor.”  (Romanos 12.19)

3) Perdoe sempre.

Não importa de quem é a culpa da briga – da discussão – e nem mesmo quem está certo e quem está errado na história, o que você deve fazer é pedir perdão. Isso mesmo, mocinha. Peça perdão mesmo que o outro é quem esteja errado. Às vezes – na maior parte das vezes – deixamos uma briga continuar porque queremos que o outro diga que está errado, e claro, o outro pensa da mesma forma. Para evitar esse tipo de briga, então peça perdão. E outra, se as pessoas lhe magoaram, você deve liberar perdão também. A Bíblia nos ensina que devemos perdoar uma pessoa pelo menos setenta vezes sete em um único dia (Mt 18.21,22), isto é, não importa quantas vezes uma pessoa te magoe durante o dia, você deve estar disposta a sempre perdoá-la. Jesus mesmo disse uma vez que se uma pessoa não perdoar a ofensa da outra, Deus também não perdoará a ofensa dessa pessoa (Mt 6.14,15). Lembre-se que você não precisa estar sentindo que tem que perdoar alguém, pois perdão não é um sentimento, é uma decisão. Falando nisso, você precisa também perdoar a si mesma pelos erros do passado, por causa de entulhos emocionais, hein?!

“Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.” (Efésios 4.32)

4) Tenha um bom temperamento.

Tem dias que você acorda mal-humorada, mas isso não te dá liberdade de você falar e agir mal com as outras pessoas. Tem dias que você está sensível – principalmente quando está na TPM –, mas isso não é motivo de você chorar e brigar por tudo e com todos. Tem dias que você está impaciente, mas isso não é desculpa para ficar explosiva. A Bíblia nos aconselha a não ficarmos perto de quem é mal humorado, pois podemos acabar adquirindo os mesmos hábitos (Pv 22.24,25). Além disso, fala que como cristãos não devemos brigar (2 Tm 2.24); e que uma pessoa sábia é aquela que mantém a calma (Pv 14.17). Portanto, peça a Deus para que lhe ensine a controlar o seu temperamento.

“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.” (Gálatas 5.22,23)

5) Contente-se com o que tem.

Contentamento é estar contente com o que tem, ou seja, estar satisfeito com o que tem. Por muitas vezes você pode ser tentada a falar: “Ah, eu não tenho aquela roupa que eu queria” e outras coisas do tipo, porém saiba que essa atitude é muita errada. Deus nos ensina através de Sua Palavra a estarmos sempre contentes; um exemplo disso é o apóstolo Paulo, ele diz que aprendeu a estar contente em todo lugar e em qualquer situação, tendo muito ou pouco, bem alimentado ou com fome (Fp 4.10-13) e ainda que o Senhor supre nossas necessidades (Fp 4.19), mas isso não é sinônimo de luxos e coisas do tipo.

“Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: ‘Nunca o deixarei, nunca o abandonarei’.” (Hebreus 13.5)

6) Selecione bem quem são seus amigos.

Existem amigos e amigos, e você precisa saber bem com quem deve compartilhar a sua amizade, pois você influência e é influenciada por tais amizades; querendo ou não. Ser influenciada significa que você passa a adquirir hábitos de outras pessoas, isto é, fala as mesmas gírias, frequenta os mesmos lugares, tem um gosto musical semelhante, etc. Uma amizade boa poderá ser uma bênção em sua vida, entretanto, uma amizade ruim poderá estragar a sua vida. A Bíblia diz que quem anda com sábio será sábio e quem anda com todo será tolo (Pv 13.20), e também nos aconselha a não nos associarmos com quem vive de mal humor e nem como com quem se ira facilmente (Pv 22.24,25) para que não imitemos estes hábitos em nosso cotidiano. Logo, procure amizades saudáveis e que levem você para mais próximo de Deus.

“Não se deixem enganar: ‘as más companhias corrompem os bons costumes’. (1 Coríntios 15.33)

7) Esteja disposta a ajudar.

Que tal a partir de hoje ajudar a sua mãe lavando a louça e arrumando a casa? É isso mesmo que você está lendo. Esteja sempre preparada a ajudar as pessoas que estão ao seu redor, seja dentro de cada, no colégio ou até mesmo na rua com desconhecidos. A Palavra do Senhor diz que quando for possível, não deixar de fazer o bem, de ajudar o nosso próximo, pois se pudemos ajudá-lo hoje, então não devemos deixar para depois (Pv 3.27,28). Você precisa estar atenta as necessidades dos outros para poder ajudá-los (Fp 2.14), praticando a hospitalidade e repartindo o que você tem com o próximo (Rm 12.13); pois o amor de Deus é demonstrando quando você tendo condições de recursos materiais e vê o seu irmão passando necessidade, se compadece dele (1 Jo3.17).

“Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade.” (1 João 3.18)

8) Seja humilde.

Ser humilde é ser o contrário das pessoas que se acham superiores, isto é, ser humilde é considerar os outros superiores a você (Fp 2.3; Rm 12.3). Mas o que isso quer dizer? Significa que quando você olhar para uma pessoa, você não deve se sentir como se fosse melhor do que ela. E Jesus é maior exemplo de humildade que encontramos na Bíblia, porque Ele, mesmo tendo a natureza de Deus não tentou ficar igual a Deus, abriu mão de tudo para salvar a humanidade (Fp 2.5-8). E você, teria coragem de passar por uma situação humilhante para ajudar outra pessoa? Jesus fez isso por você, então você deve seguir o exemplo que Ele deixou.

“Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor.” (Efésios 4.2)

9) Deixe a preguiça de lado.

Tem momentos que não dá vontade de fazer nada, e a única vontade que temos é de dormir e relaxar, mas tenho que dizer uma coisa: precisamos aprender com a lição das formigas. Ou seja, você precisa sair do comodismo, e começar a trabalhar, pois mesmo que isso pareça chato, lá no futuro você irá ver o quão bom foi ter deixado a preguiça de lado (Pv 10.4,5). Então na próxima vez que sua mãe falar para você arrumar o seu quarto, nada de preguiça!

“O preguiçoso deseja e nada consegue, mas os desejos do diligente são amplamente satisfeitos.” (Provérbios 13.4)

10) Não deixe o mundanismo fazer parte da sua vida.

Você sabe o que é mundanismo? Mundanismo é quando as coisas do mundo passam a habitar na vida do cristão. Claro que isso é completamente errado, e é por isso que não devemos fazer parte deste sistema, que deixa tudo o que é do mundo se tornar algo normal no meio de nós. Por exemplo, nos dias de hoje o que mais se vê é rotular algo como “gospel”, aí você pode tudo, porque aquilo é “gospel”. Mas isso não é o que a Bíblia diz... ela ensina que você deve ser sal e luz deste mundo (Mt 5.13-16), isto é, que você tem que mostrar que é diferente, e que não se amolda ao padrão promíscuo da sociedade (Rm 12.2). Lembre-se que não dá para ficar com o pé na igreja e outro no mundo, ou seja, não dá para ter dois senhores: ficar servindo a Deus e ao Diabo ao mesmo tempo (Mt 6.24). Cristão de verdade não tem caso com o mundanismo!

“Adúlteros, vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo faz-se inimigo de Deus.” (Tiago 4.4)


Espero que você leve estes conselhos para o resto de sua vida.
O que você achou da postagem? Deixe um comentário.
Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

2 comentários:

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!