Garotas fãs de Cristo: Animem uns aos outros

Animem uns aos outros


Você sabia que trazer uma palavra que revigora alguém é um dom dado por Deus? A Bíblia menciona três listas de dons espirituais 1 Coríntios 12.1-11; 1 Coríntios 12.38 e Romanos 12.5-8. Porém hoje vamos nos concentrar nesta última e mais especificamente num dom que a maioria desconhece; sim, o dom de animar outras pessoas.

“Portanto, usemos os nossos diferentes dons de acordo com a graça que Deus nos deu. Se o dom que recebemos é o dom de animar os outros, então animemos.”
(Romanos 12.6a,8a – NTLH)

Talvez você nunca tenha percebido essa maravilhosa dádiva do Senhor, por causa das traduções bíblicas mais antigas e pelo mau entendimento de alguns líderes que repassam ensinamentos equivocados à frente. O mesmo versículo pode ser encontrado assim: “ou o que exorta, faça-o com dedicação” (Rm 12.8a). Ou seja, o dom de exortar nada tem a ver com lançar palavras duras, mas sim de encorajar, animar e edificar. É óbvio que existirá momentos que a palavra haverá um peso maior podendo conter uma repreensão, entretanto exortar não é ficar dando “cajadada” o tempo inteiro. Entende a diferença?

 Costumo dizer que o dom de exortar assemelha-se ao dom de profecia quanto a sua finalidade, pois ajuda as pessoas crescerem no Senhor, dando-lhes coragem e consolo (1 Co 14.3). E por falar em outros dons, o dom de animar pode vir acompanhado (ou não) do dom da palavra do conhecimento e do dom da palavra da sabedoria. Em poucas palavras... o dom da palavra do conhecimento é quando Deus lhe revela algum acontecimento da vida de uma pessoa; e o dom da palavra da sabedoria é quando Deus lhe dá palavras sábias para que a pessoa possa aplicar em sua vida. Um exemplo claro disso é quando José interpreta o sonho de faraó dizendo o que vai acontecer e depois dá um conselho sobre como lidar com aquela situação (Gn 41.25-36).

E como o dom de animar pode ser aplicado?

“O Senhor me deu o seu Espírito, pois Ele me enviou para animar os aflitos.”
(Isaías 61.1a,c)

● Quando você dá conselhos de acordo com o que a Bíblia ensina. “Quem pensa que pode vencer na vida sozinho vai fracassar totalmente; quem procura ajuda e pede conselhos será bem-sucedido.” (Provérbios 15.22)

● Quando você fala palavras de coragem para os outros. “Disse Davi a Salomão, seu filho: Sê forte e corajoso e faze a obra; não temas, nem te desanimes, porque o Senhor Deus, meu Deus, há de ser contigo; não te deixará, nem te desamparará, até que acabes todas as obras para o serviço da casa do Senhor.” (1 Crônicas 28.20)

● Quando você se coloca no lugar do seu próximo para o confortar de algo. “Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram.” (Romanos 12.15)

● Quando você corrige quando vê alguém indo por um caminho errado. “Meus irmãos, se alguém for apanhado em alguma falta, vocês que são espirituais devem ajudar essa pessoa a se corrigir. Mas façam isso com humildade e tenha cuidado para que vocês não sejam tentados também.” (Gálatas 6.1)

E como você pode receber este dom?

“Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta.” (Mateus 7.7)

Assim como os demais dons, para recebê-lo você precisa buscar com fé e persistência em oração (1 Co 12.31); sempre lembrando que o dom de exortar tem por objetivo atender as necessidades do corpo de Cristo (a igreja) e não deve ser utilizada por motivos egoístas.

Você tem toda liberdade de orar pedindo para que Deus a revista com este dom, mas essa oração deve estar em submissão à vontade dEle, porque o Senhor distribui um dom diferente para cada pessoa conforme o que Ele quer (1 Co 12.11). Ou seja, se o Senhor Deus não lhe conceder o dom de animar, fique tranquila, porque Ele sabe o que é melhor para você e para as pessoas que estão ao seu redor (pois a vontade de Deus é boa, agradável e perfeita – Rm 12.2); e com certeza irá te dar outro dom espiritual. Por isso, a Bíblia diz que não devemos ser ignorantes quanto a este assunto (1 Co 12.1).

E como você deve saber quando utilizar este dom?

“O Senhor Deus me ensina o que devo dizer a fim de animar os que estão cansados. Todas as manhãs, ele faz com que eu tenha vontade de ouvir com atenção o que ele vai dizer.” (Isaías 50.4)

Da mesma forma que Isaías, no versículo acima, Deus irá lhe capacitar e dizer qual o momento em que você irá aplicar o dom de animar outras pessoas. Portanto, esteja atenta para que o Senhor está lhe falando; e nunca use o dom que Ele deu de forma indisciplinada, isto é, pela “carne”.

“Não fiquem preocupados com o que deverão dizer ou como irão falar. Quando chegar o momento, Deus dará a vocês o que devem falar. Porque as palavras que disserem não serão de vocês mesmos, mas virão do Espírito do Pai de vocês, que fala por meio de vocês.” (Mateus 10.19b,20)


E o que você achou deste artigo? Deixe o seu comentário, porque isso é muito importante!
Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!