Garotas fãs de Cristo: Eu posso perder minha salvação?

Eu posso perder minha salvação?


Sempre ouço alguém dizer algo do tipo: “Cuidado para você não perder a sua salvação!”, e com certeza você também já deve ter ouvido isso em vários lugares, não é mesmo? Entretanto, será que um cristão verdadeiro pode perder a sua salvação de fato? Será que o que costumam dizer por aí, é bíblico? Será que uma vez salvo, salvo para sempre? É por isso que resolvi trazer esse assunto à tona para poder esclarecer quaisquer dúvidas em relação a isso!


Primeiramente devemos lembrar que nem todos que parecem ser cristãos são de fato realmente cristãos, nem todo mundo que está na igreja é realmente alguém salvo. Há pessoas que aprendem o jeito de ser crente, aprendem os corinhos, frequentam a igreja, mas não são cristãos. Jesus deixou isso bem claro quando disse que nem todos que clamam por Ele dizendo que operou milagres e expulsou demônios entrará no Reino dos céus (Mt 7.21-23).

Deixando isso bem claro, vamos ao ponto principal: A Bíblia diz que o cristão pode cair da graça (perder a salvação)?

Jesus afirmou que quem o Pai os deu jamais perecerá:

“As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá arrancar da minha mão. Meu Pai, que as deu para mim, é maior do que todos; ninguém as pode arrancar da mão de meu Pai.” (João 10.27-29)

“E esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum dos que ele me deu, mas os ressuscite no último dia.” (João 6.39)

O apóstolo Paulo afirmou que nada pode separar os eleitos de Deus:

“Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: ‘Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro’. Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 8.35-39)

O apóstolo Paulo afirmou que Jesus morreu pelos Seus, os santifica e concluirá essa obra:

“Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus.” (Filipenses 1.6)

Judas, o irmão de Jesus, afirmou que Deus está pronto e é competente para garantir e manter a salvação dos escolhidos Seus:

“Àquele que é poderoso para impedi-los de cair e para apresentá-los diante da sua glória sem mácula e com grande alegria, ao único Deus, nosso Salvador, sejam glória, majestade, poder e autoridade, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, antes de todos os tempos, agora e para todo o sempre! Amém.” (Judas 1.24,25)

Sendo assim, a salvação é uma obra que é plenamente realizada pelo Senhor até mesmo o “permanecer salvo” é uma obra que Ele opera. Pois Deus efetua tanto o querer quanto o realizar (Ef 2.13). Logo, as Escrituras Sagradas não sustentam a falácia de perder a salvação, pelo contrário, a Palavra de Deus nos diz que quem é ovelha de verdade tem a salvação garantida. E isto na teologia tem o nome de: Perseverança dos Santos e/ou Graça Perseverante.

“E os cristãos que vivem de forma imoral?”

Você se lembra do que eu disse no começo da postagem que nem toda pessoa que se diz cristão de fato é cristão? Pois bem, a Bíblia diz que um cristão genuíno não irá praticar um estilo de vida imoral de modo contínuo. “Todo aquele que nele permanece não está no pecado. Todo aquele que está no pecado não o viu nem o conheceu.” (1 João 3.6)

“E quem se desviou, não perdeu a salvação?”

 Aquele que abandona a fé demonstra que nunca foi um cristão. “Eles saíram do nosso meio, mas na realidade não eram dos nossos, pois, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; o fato de terem saído mostra que nenhum deles era dos nossos.” (1 João 2.19)

“Mas os nomes podem ser riscados do Livro da Vida, isso significa que quem foi riscado perdeu a salvação, certo?”

Errado! Os nomes dos salvos já foram escritos no Livro da Vida antes da fundação do mundo (Ap 13.8) e não podem ser apagados. “O vencedor será igualmente vestido de branco. Jamais apagarei o seu nome do livro da vida, mas o reconhecerei diante do meu Pai e dos seus anjos.” (Apocalipse 3.5).

E antes que venham questionar sobre isso nos comentários irei explicar o tão famoso versículo que muitos fundamentam essa argumentação: “Respondeu o Senhor a Moisés: ‘Riscarei do meu livro todo aquele que pecar contra mim.’” (Êxodo 32.33).

A passagem de Êxodo não está falando do Livro da Vida, e sim do livro dos vivos, isto é, o registro daqueles que estão vivos. A ameaça neste versículo trata-se da morte física e não da condenação eterna. “Sejam riscados do Livro dos Vivos e não tenham registro com os justos.” (Salmo 69.28).

“Se eu não posso perder a salvação, então posso pecar a vontade que irei para o céu mesmo assim?”

Não! Esse tipo de pensamento é errado, e como disse anteriormente quem vive um estilo de vida imoral de modo contínuo prova que não é cristão de verdade. “Que diremos então? Continuaremos pecando para que a graça aumente? De maneira nenhuma! Nós, os que morremos para o pecado, como podemos continuar vivendo nele?” (Romanos 6.1,2).

Conclusão: Um cristão não pode "perder a salvação", pois nada pode separá-lo do amor de Deus. E aquele que abandona a fé nunca foi um cristão verdadeiro!


O que você achou desta postagem? Deixe um comentário!
Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

2 comentários:

  1. Ooi, comecei a ler suas pastagens e essa me tocou de uma maneira tão grande... Gostaria de esclarecer uma dúvida. Quando eu era pequena eu ia frequentemente na igreja porém conforme eu fui crescendo eu comecei a deixar de ir. Hoje em dia eu tenho 14 anos e me arrependo muito de não ter crescido na graça do senhor, e eu sinto muita vontade de voltar a ser uma cristã fiel e dedicada a Deus. Porém, meu medo é de não ser mais aceita, eu sei que meus pecados são muitos e me arrependo deles, mas eu sinto saudade de estar na comunhão de Deus e queria voltar para os braços dele. Eu ainda posso ser aceita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida,

      Se você se arrepende de ter se afastado do Senhor e quer voltar a ter comunhão com Ele, nada mais te impede de fazer isso e Deus com certeza está de braços abertos para te receber de volta. Basta você orar a Deus pedindo perdão por seus pecados, pois Ele é fiel e justo para perdoar você e te purificar de toda a injustiça (1 João 1.9). Deus perdoa qualquer pecado que tenha cometido, basta você ser sincera com Ele com profundo arrependimento.

      A partir disso, comece a ter uma relacionamento com Deus em oração, estudo das Escrituras Sagradas e indo aos cultos numa igreja que seja comprometida com Deus e Sua Palavra.

      Aconselho que leia a parábola do filho pródigo que se encontra em Lucas 15.11-32 !

      Não se esqueça: Você pode ser aceita sim. Deus quer você de volta, não perca tempo!

      Excluir

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!