Garotas fãs de Cristo: Não meta o nariz onde não é chamada!

Não meta o nariz onde não é chamada!


Com certeza você já ouviu o ditado “não meta o nariz onde não é chamada” e conhece alguém que ama ficar palpitando e se intrometendo em assuntos da sua vida a qual ela nem foi chamada, não é mesmo? Nessas situações você fica com vontade de explodir e dizer para esta pessoa: “Cuide da sua vida!”, mas aí você lembra que é cristã e falar isso pegaria um pouco mal, ainda mais se é aquela pessoa que você gosta, mas não se toca que está se metendo na sua vida. O que fazer então? E se for você a garota que fica se intrometendo na vida das outras pessoas? Pode deixar que hoje estarei falando sobre esse assunto e responderei estas e outras perguntas...


A Bíblia diz que os intrometidos sofrem as mesmas consequências de suas atitudes, assim como os ladrões e os assassinos; isto é, são perseguidos. “Se algum de vocês sofre, que não seja como assassino, ladrão, criminoso ou como quem se intromete em negócios alheios.” (1 Pe 4.15). E ainda existem muitos cristãos hoje dizendo que são perseguidos, entretanto, não são perseguidos por seguir a Cristo, pelo contrário, são perseguidos porque não conseguem controlar a língua e ficam se metendo na vida alheia. Isso é uma atitude completamente errada!

Salomão também falou sobre essa questão dizendo: “Quem se mete em questão alheia é como aquele que toma pelas orelhas um cão que passa.” (Pv 26.17). Ou seja, se você puxar as orelhas de um cão – mesmo sendo um cão amigo – levará uma mordida, da mesma forma que se intrometer em questões alheias “comprará” um problema, uma inimizade.

Mas o que faz uma pessoa ser tão enxerida assim? A resposta é bem clara: Ociosidade. Se você não sabe o significado dessa palavrinha vou explicar; ociosidade é falta de serviço, falta do que fazer, e isso costuma gerar problemas desse tipo. Um exemplo é quando o apóstolo Paulo escreveu para as pessoas de Tessalônica que elas estavam parando de trabalhar e isso fazia com que se intrometessem na vida alheia (2 Ts 3.11).

Nós mulheres temos uma grande tentação em dar pitaco na vida de outrem; e foi por isso que Paulo recomendou que viúvas jovens se casassem para evitar que ficassem sem fazer nada e tentadas a praticar tal pecado. Veja o que o apóstolo falou: “Além disso, elas se acostumam a não fazer nada e andar de casa e casa; e, pior ainda, aprendem a ser mexeriqueiras, metendo-se em tudo e falando coisas que não devem.” (1 Tm 5.13). Você sabia que mulheres ociosas são maldições sobre qualquer povo? “Sodoma e as suas filhas eram orgulhosas porque tinham muita comida e viviam no conforto, sem fazer nada; porém não cuidaram dos pobres e dos necessitados.” (Ez 16.49)

Certa vez na igreja de Galácia havia falsos irmãos (judaizantes que se fingiam de cristãos) que entraram de modo sorrateiro (intrometendo-se) no meio da igreja para sabotar o verdadeiro evangelho, e Paulo teve que mais uma vez alertá-los para que não caíssem nessa armadilha (Gl 2.4). Esse é o tipo de bisbilhoteiro que mais a gente encontra por aí!

Como deixar de ser intrometida?

Simples! Não ficando ociosa, ou seja, não ficando sem ter nada para fazer. Ocupe-se! Preocupe-se com as tarefas da escola, com as coisas da igreja, com a sua família, com o seu próprio serviço, só assim poderá estar livre de cometer tal pecado.

“Esforcem-se para ter uma vida tranqüila, cuidar dos seus próprios negócios e trabalhar com as próprias mãos, como nós os instruímos” (1 Tessalonicenses 4.11)

Como lidar com amigas que querem saber tudo o que acontece na sua vida?

Com educação e no tom de voz certo, não é errado dizer “vai cuidar da sua vida” para uma amiga sua que passa dos limites. Elas não têm o direito de saber de todas as coisas e lhe obrigar a falar, caso não queira contar. Se elas são suas amigas mesmo vão entender o motivo pelo qual não quer falar de seus assuntos pessoais.

Como distinguir pessoas que se preocupam contigo com pessoas intrometidas?

Há uma diferença entre pessoas que se importam com você e com aquelas que só querem saber da sua vida. Quem se preocupa realmente estende a mão para ajudar; pois as pessoas intrometidas só querem saber dos seus assuntos pessoais e não ajudam em nada para resolver as suas situações. Você pode perceber uma pessoa assim, apenas conversando com ela: se ela é um tipo de pessoa que ama ficar perguntando sobre questões suas e nunca fala sobre si mesma (ou fala bem superficialmente), pode ter certeza que ela só quer estar por dentro das últimas novidades da sua vida. E pior: Pessoas intrometidas têm tendências a serem fofoqueiras e invejosas. Não seja assim!

“Honroso é para o homem desviar-se de questões, mas todo tolo é intrometido.” (Provérbios 20.3)


Gostou da postagem? Deixe um comentário!
Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!