Garotas fãs de Cristo: Suportando uns aos outros

Suportando uns aos outros


Eu não gosto do “fulano de tal”, então eu posso pelo menos “suportá-lo” como a Bíblia diz e já está bom? Errado! Suportar não é a mesma coisa que aturar, como muitos ainda pensam (e assim como eu pensava também), então queria compartilhar o que venho aprendendo nestes últimos dias... Vem comigo?!


            No dia 29.04.13 (segunda-feira), eu fui para o congresso dos adolescentes na Igreja Batista Central em Resende (RJ), o qual o tema estava falando sobre comunhão. E o pregador tocou no assunto muito importante sobre a questão de suportar uns aos outros, algo que eu não tinha a mínima noção do que realmente significava aquela frase na Bíblia. Pois bem, o que é suportar uns aos outros?

“Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.” (Colossenses 3.13)

            Suportar significa dar suporte, sustentar, apoiar... Suportar não significa estar conivente com os erros dos outros, mas sim orientá-lo em amor e paciência à luz da Palavra de Deus.

            Às vezes o seu irmão aí da igreja esteja precisando de um ombro amigo, de alguém que o auxilie, mas ao invés de estendermos as mãos para sustentá-lo e não deixá-lo cair, nós simplesmente viramos às costas e deixamos de lado; ou pior, muitas vezes ainda o pisamos. E esse é um dos motivos principais as quais muitas pessoas se desviam dos caminhos do Senhor, pois não encontram em nós a união, a comunhão que deveríamos ter uns com os outros. Comunhão a qual os primeiros cristãos tinham (At 2.42-17; 4.32-35).

            Sei que às vezes é bastante complicado suportar as fraquezas de nosso próximo, isto é, todos nós temos imperfeições, mas precisamos nos colocar um no lugar do outro e compreendê-lo. Pois são nos momentos de fraqueza que as pessoas mais precisam de ajuda, são nos momentos ruins da vida que as pessoas ficam sem forças emocionalmente e espiritualmente; é por isso que a Bíblia diz: “Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram.” (Rm 12.15). Precisamos estar mais perceptíveis com o que as pessoas ao nosso redor necessitam.

            Deus espera que eu e você sejamos um canal de bênçãos para a vida do nosso irmão, e que no momento de fraqueza dele sejamos o suporte para que ele não caia. Sei que não é nada fácil, mas assim podemos crescer espiritualmente e exercitamos os frutos do Espírito Santo: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fé, mansidão e equilíbrio (Gl 5.22,23).

            A Bíblia nos ensina também que devemos carregar a carga do outro, em Gálatas 6.2: “Levem os fardos pesados uns dos outros e, assim cumpram a lei de Cristo”. Como assim carregar as cargas pesadas do próximo? Quando você observar que alguém que está sem forças na caminha cristão, dê apoio a ele (apoiar não significa tolerar o erro, mas sim sustentar). Não percam a paciência e nem se irritem, e sim carregue a carga pesada do seu próximo. Jesus não olhou para a nossa condição de pecador quando carregou a cruz pesada, que era para nós carregarmos. Ele suportou a cruz, suportou a dor, suportou os cravos. E muitas vezes nós somos incapazes de suportar o outro por causa de uma ofensa ou desagrado com o próximo, e não pode ser assim. Precisamos ser mais parecidos com Jesus, Ele é o nosso exemplo, se Ele suportou o pecado de toda a humanidade então podemos muito bem suportar o nosso próximo, suportar as cargas uns dos outros.

            Deixe Deus agir através de sua vida, seja um canal de bênçãos na vida de outras pessoas!


Gostou? Deixe um comentário!
meu twitter / meu facebook / meu e-mail: abileneleite96@gmail.com
Mil Beijinhos... =*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!