Garotas fãs de Cristo: Eu não sou "lanchinho"!

Eu não sou "lanchinho"!

            Você tem sido princesa ou apenas um “lanchinho”? Será que você tem se dado o valor o suficiente? Eu sempre digo que pra ser respeitada e valorizada, você primeiro precisa se respeitar e se dá o valor. Já deu pra perceber que hoje será um “Fala Jeová” daqueles... rs’. Hoje eu não falaria sobre este assunto e estava teimando com isso, dizendo pra Deus assim: “Ah não, mas este assunto de novo não... As meninas vão achar muito chato, quase sempre eu falo sobre isso. Será que não dá pra ser outro assunto não?”. Fiquei estes últimos dias assim, mas o Senhor sempre me respondia que este era o assunto que eu falaria hoje e pronto. Enfim, não vou discordar do meu Paizinho.

            Semana passada estava eu e minha amiga no colégio conversando sobre diversos assuntos (sempre fazemos isso... rs’), e neste meio estava o assunto sobre “ficar”. Nós duas temos algumas concepções diferentes sobre isso, então resolvi esclarecer aqui sobre como deve ser seu comportamento quando o assunto gira em torno de “ficar” com um rapaz.




            Hoje o “ficar” com um rapaz não é só em relação ao beijo sem compromisso. “Ficar” é você deixar que um rapaz te toque de um jeito diferente (“amassos”), é selinho, é beijo, é o “quase-sexo” (quando o casal toca nas genitais um do outro entre outras coisas), etc. A lista é longa, então vamos encurtar a história.

            O que há de errado em “ficar”? Sabe porquê é pecado? Pois é um “relacionamento” sem compromisso, é algo que Deus reprova, é algo que com certeza você faz escondido dos seus pais e muito menos conta para eles...
            Um rapaz chegou para mim e disse: Não tem nada a ver, ninguém vai ficar sabendo. E eu respondi: E Deus? Ele vai ficar sabendo! Acho que vocês se esquecem de que Deus tudo vê; não adianta esconder dos pais ou de qualquer outra pessoa, Deus está vendo tudo (Pv 5.21).
            O Senhor não te criou para você ser “pega” por alguém. Deus te fez uma princesa, você é filha do Rei, e como um Pai amoroso como Ele é, deseja para Sua filha o melhor. Mas por que então você despreza o melhor e vai querer o pior? Quem “fica” não se valoriza como pessoa. Aprenda a esperar pelo tempo de Deus, eu sei que não é fácil, mas não é algo impossível de se fazer. Você não nasceu para ser “lanchinho” de alguém!

            Mas se Deus confirmou que é com ele que eu vou namorar e futuramente casar; será que não posso “ficar” com ele por enquanto e depois assumirmos um compromisso? A resposta é NÃO! É aí que eu queria chegar. Pelo que eu venho conversando, as pessoas tem uma falsa concepção. Se liga: “Ficar” é pecado, e não existe exceções! Não existe essa de vamos nos conhecer melhor “ficando” para ver se vai dar certo. Primeiramente, nenhuma princesa sai correndo atrás de homem, isso é atitude de cachorra; o que estou dizendo é bíblico (Gn 24; 29). É o príncipe (filho do Rei) que vai de encontro com a princesa (que é você). E se é de Deus, não há como não dar certo. Pois o que Deus uniu, homem nenhum pode separar (Mc 10.9).
            “Ficar” destrói as bênçãos que Deus tinha reservado para vocês. Como assim? Pois bem, você não assumiu seu compromisso diante de Deus (seu Pai), diante de suas famílias (seus pais terrenos), então você não tem ainda a permissão de Deus para beijar (até mesmo um selinho) no rapaz. Nas histórias de Isaque e Rebeca (Gn 24) e Jacó e Raquel (Gn 29) podemos tirar grandes lições; separe um tempo para ler estas duas lindas histórias e você verá que não estou mentindo. Ambas as histórias tem algo em comum; a mulher não corre atrás do homem, não é ela que vai te encontro com seu futuro esposo e sim é o homem quem vai de encontro com sua princesa. E outra coisa muito importante a se destacar é que o homem fala com os pais da moça. Isto é, pede a bênção, a permissão deles para que possam namorar (claro, depois de já ter recebido apenas a confirmação de Deus). Só a partir daí que você tem a permissão de Deus para namorar, para que futuramente vocês se casem. Confirmação de Deus e permissão de Deus são coisas totalmente diferentes; não confunda!
            “Está bem Abilene, isso eu entendi. Mas ainda você não explicou sobre o tal destruir as bênçãos de Deus!”. Calma, vamos por partes. Vamos recapitular o que aprendemos aqui, primeiro você recebe a confirmação de Deus, depois você precisa receber a permissão de seus pais (e dos pais dele) e só a partir daí que você recebe a permissão de Deus. Com isso você estará deixando que o Senhor cuide e abençoe o relacionamento; você estará dizimando a Deus, ofertando a Deus. Complicou um pouco? A Palavra de Deus é clara quando diz que tudo o que façamos, deve ser para honrar ao Senhor (Cl 3.17), esse ‘tudo’ inclui também o namoro.  Quando você “quebra” isso, isto é, quando você adianta as fases estabelecidas pela Palavra (como por exemplo, beija o rapaz, “fica” com ele), você estará roubando as primícias de Deus, dando brecha para o Inimigo fazer o que quiser com o seu relacionamento. Quando vocês ofertam para Deus (entrega a Deus o seu relacionamento) estarão debaixo das bênçãos do Senhor. Quando vocês roubam esta oferta, estarão trazendo sobre o relacionamento maldições (não é que vocês não serão abençoados, mas como já disse, vocês estarão dando brecha para o Diabo fazer o que quiser).

“‘Pode um homem roubar de Deus? Contudo vocês estão me roubando. E ainda perguntam: ‘Como é que te roubamos?’ Nos dízimos e nas ofertas. Vocês estarão debaixo de grande maldição porque estão me roubando; a nação toda está me roubando. Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa; Ponham-me à prova’, diz o Senhor dos Exércitos, ‘e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derramar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las. Impedirei que pragas devorem suas colheitas, e as videiras nos campos não perderão o seu fruto’, diz o Senhor dos Exércitos. ‘Então todas as nações os chamarão felizes, porque a terra de vocês será maravilhosa’, diz o Senhor dos Exércitos”. (Malaquias 3.8-12)

            Se você “ficou” com seu namorado (antes de ele se tornar seu namorado, é óbvio) e∕ou não obedeceu as fases estabelecidas pelo Senhor, e que agora sabe que roubou de Deus as ofertas dEle; é tempo de você falar com seu namorado sobre isso e juntos orarem a Deus pedindo perdão por ter roubado do Senhor. Isso realmente é necessário? Sim, pois mostrará que estarão arrependidos diante de Deus e que desejam o perdão dEle e que querem quebrar todas as maldições e ciladas que o Diabo está enlaçando vocês por ter roubado do Senhor. Só assim poderão romper a aliança que fizeram com o Inimigo para que assim venham a restituir as primícias para entregarem a Deus.

ATENÇÃO! Não é porque você está namorando conforme tudo estabelecido pela Palavra que você poderá dar “amassos”, praticar o “quase-sexo” e transar com seu namorado, e etc. Lembre-se que o relacionamento de vocês deve honrar a Deus.


O que achou deste post? Deixe um comentário!
Tem dúvidas sobre este e outros assuntos e/ou precisa de conselhos? Envie-me um email: abileneleite96@gmail.com

2 comentários:

  1. Eu começei a namorar a duas semanas,só que eu e meu namorado ja nos conhecia-mos a muito tempo. Dai começamos a "ficar",ficamos durante 1 ano e pouco,só que durante esse tempo percebemos qe estavamos fazendo a coisa errada,que não estavamos seguindo conforme a palavra de Deus,ai resolvemos só orar e entregar tudo nas maos de Deus,e foi ai que Deus nos deu a nossa vitoria,ele me pediu em namoro e estamos juntos agora a duas semanas. só que estamos numa situaçao muito dificil,não conseguimos nos controlar em relaçao as coisas da nossa carne,estamos satisfazendo mais a nossa carne do que o espirito. O que eu faço para que isso melhore? para que começamos a fazer as coisas certas,conforme a palavra de Deus manda?

    ResponderExcluir
  2. Olá querida, vocês tomaram a decisão certa de pedirem perdão a Deus pelo pecado cometido, por ter se relacionado sem a permissão de Deus. Com esta decisão tomada vocês irão enfrentar sim alguns desafios, mas que podem ser vencidos com muito jejum e oração.

    O tempo em que ficaram apenas "curtindo" um ao outro com certeza houve aqueles "amassos", beijos muito longos, toques maliciosos, etc; mas agora que estão centrados em Deus vocês têm que perceber que um relacionamento começa com o intuito de conhecer o outro (a alma) e não a satisfação da carne.

    Meu conselho a você, é que NUNCA, NUNCA mesmo fique com seu namorado em lugares solitários, escuros para que não aja nenhum desejo, afinal não podemos brincar com o fogo para não sermos queimados.

    Faça o seguinte propósito com Deus, com você mesma e com o seu namorado, passe uns 6 meses (ou mais) sem se beijarem (nem mesmo um selinho), sem andar de mãos dadas, sem abraços. Seja radical! E neste tempo desenvolva uma vida espiritual junto com ele, isto é, o tempo em que vocês estiverem juntos, orem!
    Uma coisa é certa, se ele quiser realmente levar o namoro a sério ele vai aceitar este desafio. Se ele de cara não querer aceitar isso e achar que é uma maluquice, então caia fora, termine o namoro, porque senão você irá cair em tentação.

    Espero ter te ajudado, e sempre que precisar estarei aqui. Mil beijinhos... *---*

    ResponderExcluir

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!