“Examine-se a si mesmo”, uma tarefa difícil e importante

 

Olhar para si mesmo é olhar para seus pontos fortes e fracos. A fim de melhorar o que for preciso. E também tornar melhor suas qualidades. Mas esta é uma tarefa que requer disposição da sua parte. Por isso, cada pessoa tem o dever de examinar a si mesma. Pois é uma ordem da Bíblia dada através de Paulo. Veja a seguir:

 

“Examine-se cada um a si mesmo.”

(1 Coríntios 11.28a)

 

O verso acima está dentro da ocasião da Ceia do Senhor. Mas, você já parou para pensar que não é só na Ceia que você deve fazer isso? Você precisa avaliar a si próprio todos os dias. Uma vez que ficar de frente consigo mesmo faz com que você cresça. Além disso, você consegue criar uma comunhão melhor com Deus e irmãos em Cristo. No entanto, você deve ser franco em todas as respostas. Pois só assim conseguirá enfrentar o seu “eu”.

 

Um grande e famoso filósofo uma vez disse:

 

“Conheça-te a ti mesmo.”

— Sócrates

 

Analisando a si próprio

 

Ou seja, já vimos o quão importante é fazer uma análise sobre si mesmo. Mas como isso tudo funciona? Pois bem, a primeira coisa que precisa pensar é sobre sua própria corrupção do pecado. Você sente tristeza ao ter noção do seu pecado? Se sim, então sabe que é pela graça de Deus que você vive. Se acaso sua resposta foi um não, deve olhar para o seu interior e pedir ao Senhor para enxergar que Ele não veio para chamar o justo, mas sim pecadores em arrependimento.

 

Em segundo lugar, precisa pensar sobre suas atitudes diante da Palavra de Deus. Quando tem sua conduta confrontada, você muda à sua maneira de agir a partir daquele momento? Se sim, então entende que não adianta mentir para si mesmo e nem para Deus que vê todas as coisas. Se acaso sua resposta foi um não, deve saber que não deve tentar blindar e nem fingir quem você é. Aliás, você precisa parar de enganar a si mesmo. Porque se está sentindo Deus falar contigo, não dá para inventar maneiras de justificar o seu comportamento contrário ao que Ele ensina. Arranque essa máscara, nada de hipocrisia! Afinal, se tem algo que as Escrituras reprovam e você tem aprovado, mude! Ou se há algo que a Palavra de Deus aprova e você anda reprovando, mude!

 

Mas não para por aí...

 

Continuando sua análise...

 

Já em terceiro lugar, precisa pensar sobre o seu relacionamento com o próximo. Você está bem com as outras pessoas e consegue manter contato sem dificuldade? Se sim, então entende o que é suportar uns aos outros em amor. Pois esse é um mandamento de Deus para nós. Se acaso sua resposta foi um não, então deve compreender que está de bem com o próximo é super importante. Perdoando-os sempre que for necessário. Seja por seu temperamento ou qualquer outro motivo, lembre-se que há um Deus que deseja muito que você se dê bem com as pessoas, ore por elas e até mesmo por seus inimigos.

 

E, por último, mas não menos importante... Você precisa pensar sobre o testemunho que tem dado as pessoas ao seu redor. Você dá evidência do fruto da obra do Senhor? Se sim, então sabe que conhecem a árvore - você - pelo seu fruto (Mt 12.33). Se acaso sua resposta foi um não, então deve saber a árvore ruim dá frutos ruins (Mt 7.17) e que isso não pode ser assim. Afinal, o que as pessoas veem em você deve ser um reflexo da obra que Deus tem feito em sua vida. Ou seja, as pessoas precisam enxergar a mudança em você e se questionarem de onde veio isso. Só assim entenderão que a mudança veio de Cristo e que é unicamente por meio dEle que se chega ao Pai (Jo 14.6).

 

Conclusão

 

“Quando paro para pensar sobre a minha vida, trato sempre de abandonar os meus caminhos errados para andar segundo a Sua vontade revelada.”

(Salmo 119.59)

 

O autor desse salmo examinava sempre a si mesmo quando refletia sobre sua vida. Além disso, quando via que sua maneira estava errada, simplesmente abandonava o erro para seguir o caminho da verdade. Que ele sabia que era o caminho da vontade de Deus. Desejo que esse salmo seja vivido em minha e em sua vida. Porque quando mergulhamos no mais profundo do nosso ser, o autoexame se torna produtivo. E assim nos fornecendo uma visão ampla do nosso “eu” pessoal, e o nível de nossa fé em Cristo. Só desta forma alcançaremos a maturidade espiritual.

 

Por isso, não tenha medo de encarar você mesmo, com base em Jesus Cristo. Pois Ele está contigo nessa tarefa difícil e importante para que tenha uma vida plena e abundante. Então dedique mais tempo para relacionar-se consigo mesmo. Mas lembre-se que você precisa tomar uma ATITUDE diante de tudo que descobrir nesse autoexame.

 

E lá vai um conselho do apóstolo Paulo:

 

“Examinem a si mesmos. Verifiquem se estão praticando o que afirmam crer. Assim, poderão ser aprovados. Certamente sabem que Jesus Cristo está entre vocês; do contrário, já foram reprovados.”

(2 Coríntios 13.5)

 

 

Espero ter lhe ajudado a compreender o quão essencial é a busca de examinar a si mesmo. Mil Beijinhos...

 

Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

 

Meu Facebook | Meu Instagram | Meu Twitter

Nenhum comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!