Sai para lá, ansiedade!



Você se considere uma pessoa ansiosa? Segundo o dicionário, uma pessoa que vive desta maneira tem uma incerteza aflitiva e uma angústia sem fim sobre as coisas que hão de acontecer. É normal que todo o ser humano passe por momentos como estes, mas será que é necessário ficar tão ansioso assim?

A Bíblia diz: “Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças.” (Filipenses 4.6). Entretanto, o que isso quer dizer?

 Para início de conversa, iremos lembrar a história de Marta e Maria, onde Maria escolheu a boa parte (Lc 10.38-42). Marta certa vez, hospedou Jesus em sua casa e enquanto estava preparando a refeição ocupando-se com vários serviços se agitando de um lado para o outro; sua irmã estava sentada ouvindo os ensinamentos de Cristo. E isto deixou Marta furiosa dizendo ao convidado que sua irmã deveria ser disciplinada já que ela também deveria estar ajudando nas coisas de casa. Porque era comum na época quando alguém recebia um convidado em casa, as mulheres tinham a responsabilidade de ocupar-se com as tarefas. Na maioria da vezes agimos Marta e ficamos inquietas com alguma situação, mas Jesus diz que devemos agir como Maria que preferiu dar mais valor às instruções dEle.

Portanto, abaixo estão algumas dicas para evitar a ansiedade:

Através da oração. “Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças.” (Filipenses 4.6).

Ocupando a mente com pensamentos saudáveis. “E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.” (Filipenses 4.7,8).

Compreender que Deus não deixará faltar nada (Sl 23.1) aos Seus filhos. Nem vestimentas, comida e bebida (Mt 6.25-33). “Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” (Mateus 6.34).

Entender que o Senhor protege o Seu povo (Is 41.10) e, por isso, e orar para não ficar apavorada ou ter preocupação quanto ao futuro. “Eu pedi a ajuda do Senhor, e ele me respondeu; ele me livrou de todos os meus medos.” (Salmos 34.4).

Quando estiver com medo, confiar apenas no Senhor. “Quando estou com medo, eu confio em ti, ó Deus Todo-Poderoso.” (Salmos 56.3).

Trazer à memória todas as coisas que o Senhor tem feito em sua vida, isso vai lhe deixar mais grata a Deus e estar em companhia de pessoas saudáveis (amizades verdadeiras) que vão alegrar sua vida. “As preocupações roubam a felicidade da gente, mas as palavras amáveis nos alegram.” (Provérbios 12.25).

No entanto, existe um tipo de ansiedade que não é pecado, é aquela que descreve o cuidado que os cristãos devem ter uns pelos outros:

“Pois Timóteo é o único que se preocupa com vocês como eu me preocupo e é o único que, de fato, se interessa pelo bem-estar de vocês.” (Filipenses 2.20)

“Para que não haja divisão no corpo; pelo contrário, cooperem os membros, com igual cuidado, em favor um dos outros.” (1 Coríntios 12.25)

Lembre-se que a ansiedade é incompatível com a confiança em Deus, porque o seu futuro está nas mãos de dEle. E ainda há coisas melhores reservadas para ti, pois a vida eterna nos céus é uma certeza para todo aquele que é nascido de novo. Então repita junto comigo: Sai para lá, ansiedade!

“Quando estou aflito e preocupado, tu me consolas e me alegras.”
(Salmos 94.19)


O que você achou desta postagem? Deixe o seu comentário!
Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

Nenhum comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!