Meus looks com Takalu


Meninas, hoje a coluna “irmã mais velha” está um pouco diferente; porque vou apresentar a vocês uma marca de blusa evangélica que conheci há alguns anos atrás. Sim, conheci a marca Takalu, por causa de uma amiga da igreja que estava vestindo blusas da mesma e quando fui fazer minhas compras e encontrei essas blusas na loja, eu me apaixonei. Toda vez que faço minhas comprinhas básicas, eu sempre procuro por essas blusas muito lindas de usar e com preços ótimos que cabem realmente no nosso bolso. Por esta razão, resolvi essa postagem apresentando para vocês o que há de melhor em moda evangélica e aproveitar para montar looks para inspirar cada menina (pré-adolescente, adolescente, jovem e adulta) que acompanha o nosso blog.

Observação Importante: Essa postagem NÃO É patrocinada pela empresa. Apenas exprime a opinião da blogueira.

Takalu

O que é: A Takalu é uma marca de blusa com versículos e frases bíblicas; localizada na cidade Santa Cruz do Capibaribe, no agreste de Pernambuco. Com início de suas produções em 31/05/2012.

Objetivo: A Takalu tem como objetivo levar sempre pra você o que há de mais criativo em moda evangélica, buscando a alta qualidade e conforto que você merece.

Namoro x Casamento



Olá Preciosaaaas, tudo bom ???
   Meu nome é Alanna Fernandes, e durante esse ano de 2018 vou ser a escritora da coluna Vida de Casada. Espero que gostem dos temas a serem abordados nesse ano.
Hoje vou começar falando sobre o seguinte assunto: Namoro x Casamento

   Vamos lá, imagine comigo... Uma menina de 18 anos, criada na igreja e nascida em berço evangélico. Ela faz parte o ministério de dança e seu namorado é guitarrista do Ministério de Louvor. O namoro deles era santo. Aos finais de semana ele ia à casa dela, saiam juntos para comer, cinema e para programações na igreja.
    Quando criança, ela assistiu todos os filmes das princesas da Disney, onde o príncipe salvava e protegia a princesa, e no final de cada filme ouvia a seguinte frase: “E eles foram felizes para sempre”... blá, blá, blá . Desde menina, ela sonhava em se casar igual uma princesa e ser feliz para sempre igual nos filmes.

Cortar o cabelo é pecado?


Na igreja de Corinto havia mulheres de cabelos curtos, entretanto cortar o cabelo (tosquiar-se) ou rapá-lo (como os homens) era algo indecente (1 Co 11.6). Mas... por que isso não era decente? Será que cortar o cabelo é pecado? Isto é o que vamos descobrir nesta postagem!

“Se a mulher não cobre a cabeça, deve também cortar o cabelo; se, porém, é vergonhoso para a mulher ter o cabelo cortado ou rapado, ela deve cobrir a cabeça.”
(1 Coríntios 11.6)

O versículo acima tem servido como base para algumas igrejas recomendarem que as mulheres cristãs não devem aparar as pontas de seus cabelos e, até mesmo que devem fazer o uso de véu (cobrir a cabeça). Porém, necessitamos entender o contexto e o motivo pelo qual o apóstolo Paulo fez tal recomendação.