Garotas fãs de Cristo: Sejam boas donas de casa

Sejam boas donas de casa


Ao meditar nas Escrituras Sagradas me deparei com alguns versículos que chamaram muito a minha atenção, principalmente a parte que está em destaque:

“Aconselhe também as mulheres mais idosas a viverem como devem viver as mulheres dedicadas a Deus. Que elas não sejam caluniadoras, nem muito chegadas ao vinho! Que elas ensinem o que é bom, para que as mulheres mais jovens aprendam a amar o marido e os filhos e a serem prudentes, puras, boas donas de casa e obedientes ao marido, a fim de que ninguém fale mal da mensagem de Deus!” (Tito 2.3-5 – grifo meu)

Em uma sociedade onde há uma forte propagação do feminismo e supervalorização à carreira da mulher fora do lar; a função de ser dona de casa é a mais polêmica e a menos desejada. No entanto, a Bíblia claramente diz que precisamos aprender a sermos boas donas de casa; precisamos parar de negar o que Deus ordenou graciosamente a nós, moças solteiras e mulheres casadas.

Eu cresci dentro de um lar cristão, onde minha mãe era dona de casa. Meus pais sempre me incentivaram a me dedicar aos estudos para que eu pudesse conseguir uma boa profissão e ter uma independência financeira. Por ter esse foco em minha vida, não me importei em aprender como ser uma boa dona de casa. Mas eu não posso “culpar” os meus pais sobre isso, pois eu também me responsabilizo por não ter aproveitado as oportunidades de aprender com minha mãe sobre como fazer comida e limpar e organizar a casa.

Isso não só aconteceu comigo, pois vejo que em muitos lares as garotas cristãs recebem orientações para buscarem uma carreira fora de casa. Não há problema algum em se empenhar para ter uma formação profissional, porém as mães e as mulheres cristãs casadas da igreja precisam ensinar às filhas (de sangue ou em Cristo) que elas não devem se esquecer do chamado que o Senhor tem para as mulheres que é se dedicar ao lar; até porque teremos que lidar com os serviços domésticos com frequência quando casarmos.

Temos que compreender que ser dona de casa é a vontade de Deus para mulheres casadas, e entender que isso não é algo humilhante e sim algo digno; pois o propósito pelo qual a mulher foi criada foi auxiliar, isto é, servir à sua família, propiciando um ambiente agradável, acolhedor e piedoso. Não estou dizendo que nós não devamos ter uma profissão, pelo contrário, como eu disse uma vez: “O problema não é ter uma carreira profissional, o problema está no mau equilíbrio das prioridades, segundo o ponto de vista bíblico.”. Pois quando casarmos teremos que conciliar a nossa profissão com as tarefas domésticas, além do cuidado e atenção para com o marido e filhos e dedicação ao ministério na igreja. Lembre-se: Cuidar da casa não é a única vocação permitida a uma mulher cristã, porém essa vocação não pode ser desprezada. Pois a mulher sábia que edifica sua casa (Pv 14.1) mantém o seu lar limpo e organizado.

Sinceramente ainda tenho muita dificuldade em lidar com tarefas domésticas, e estou apenas no começo desse grande desafio. Porque como eu disse antes, nunca me importei de aprender a cuidar da casa até o momento em que meditei nos versículos citados no início deste artigo e me perguntar: Como vai ser quando eu casar? Como vou cuidar do meu marido se eu não sei fazer nada? Foi nesse momento que percebi que tinha que procurar aprender a fazer as coisas. Confesso que no começo de tudo me sentia bastante frustrada e alguém insignificante por não saber fazer as tarefas domésticas, porém aos poucos Deus está tratando isso em mim.

Aprendi que todas nós teremos dificuldades em tarefas específicas e isso não é algo para se frustrar, mas algo para superar seus limites e se aperfeiçoar. Todas, em algum momento, terão dúvidas sobre alguma tarefa, por exemplo: Qual produto usar para limpar cada tipo de material e superfície? Como organizar o tempo para fazer as tarefas de modo eficiente? Como lavar bem o banheiro? Por isso precisamos nos esforçar para que a cada dia nos tornemos mais parecidas com a mulher virtuosa descrita na Bíblia, pois ela não dá lugar à preguiça e faz as tarefas domésticas de modo exemplar (Pv 31.27), além de ser uma ótima administradora sabendo fazer rendar mais o tempo e o dinheiro em seu lar (Pv 31.15-18).

Lembra da história de Marta e Maria quando hospedaram Jesus em sua casa (Lc 10.38-42)? É comum focalizarmos que Marta não escolheu a boa parte que era estar sentada aos pés de Jesus ouvindo os Seus ensinamentos como a sua irmã. Mas esquecemos que ela aprendeu que deveria ser uma boa dona de casa e, por isso, quis preparar o lugar e alguma comida para receber a visita, para que ela estivesse em um lugar acolhedor. Tanto é que ela questiona o motivo da sua irmã não estar a ajudando nos serviços. “Porém Marta tinha gênio diferente e se preocupava com o grande jantar que estava preparando. Então ela veio a Jesus e disse: ‘Senhor, não Lhe parece injusto que minha irmã fique só sentada aqui, enquanto eu faço o trabalho todo? Diga-lhe que venha me ajudar’.” (Lucas 10.40).

Lembra da história onde o profeta Eliseu faz aumentar o azeite da viúva (2 Rs 4.1-7)? Então, essa passagem bíblica me faz lembrar que uma boa dona de casa administra o pouco que tem. Aliás, se tivermos pouca comida na dispensa, por exemplo, teremos que aprender administrar aquilo que temos para alimentarmos a nós mesmas, o nosso marido e filhos.

Enfim, o chamado de Deus para que sejamos boas donas de casa tem o propósito de não ficarmos ociosas fazendo com que nos intrometamos na vida alheia (1 Tm 5.13); para não dar ao adversário motivo para maledicência (1 Tm 5.14) e para que a Palavra de Deus não seja difamada (Tt 2.5). E para ajudar a você se tornar uma boa dona de casa, este site disponibiliza receitas culinárias e artigos sobre vida de solteira e vida de casada.

“Há uma diferença entre lavar louças e pregar a Palavra de Deus; mas no tocante a agradar a Deus, nenhuma em absoluto.” — William Tyndale

“As pessoas podem servir a Deus em qualquer espécie de chamado, embora seja apenas varrer a casa ou guardar ovelhas.” — William Perkins

E o que você achou desta postagem? Deixe o seu comentário!
Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!