Garotas fãs de Cristo: Quem é Você?

Quem é Você?


Oi meninas, hoje quero entender um pouco mais sobre vocês.

Tenho escutado dia após dia, uma certa pergunta, essa pergunta têm feito dos meus dias, os mais pensativos, até porque nunca parei para pensar em, "Quem sou eu", no que tenho feito para mudar o mundo ou até mesmo a vida de muitas pessoas.
Até porque o que mais tem nesse  mundo, são pessoas, que estão perdidas, com medo, aflitas, precisando de um abraço. E nós estamos aqui para mudar isso.
Foi buscando falar sobre quem somos, que decidi, falar sobre a parábola do filho pródigo.

Que diz assim:

11 E disse: Um certo homem tinha dois filhos. 12 E o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte da fazenda que me pertence. E ele repartiu por eles a fazenda. 13 E, poucos dias depois, o filho mais novo, ajuntando tudo, partiu para uma terra longínqua e ali desperdiçou a sua fazenda, vivendo dissolutamente. 14 E, havendo ele gastado tudo, houve naquela terra uma grande fome, e começou a padecer necessidades. 15 E foi e chegou-se a um dos cidadãos daquela terra, o qual o mandou para os seus campos a apascentar porcos. 16 E desejava encher o seu estômago com as bolotas que os porcos comiam, e ninguém lhe dava nada. 17 E, caindo em si, disse: Quantos trabalhadores de meu pai têm abundância de pão, e eu aqui pereço de fome! 18 Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti. 19 Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus trabalhadores. 20 E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão, e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço, e o beijou. 21 E o filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e perante ti e já não sou digno de ser chamado teu filho. 22 Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa, e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão e sandálias nos pés, 23 e trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos e alegremo-nos, 24 porque este meu filho estava morto e reviveu; tinha-se perdido e foi achado. E começaram a alegrar-se.

25 E o seu filho mais velho estava no campo; e, quando veio e chegou perto de casa, ouviu a música e as danças. 26 E, chamando um dos servos, perguntou-lhe que era aquilo. 27 E ele lhe disse: Veio teu irmão; e teu pai matou o bezerro cevado, porque o recebeu são e salvo. 28 Mas ele se indignou e não queria entrar. E, saindo o pai, instava com ele. 29 Mas, respondendo ele, disse ao pai: Eis que te sirvo há tantos anos, sem nunca transgredir o teu mandamento, e nunca me deste um cabrito para alegrar-me com os meus amigos. 30 Vindo, porém, este teu filho, que desperdiçou a tua fazenda com as meretrizes, mataste-lhe o bezerro cevado. 31 E ele lhe disse: Filho, tu sempre estás comigo, e todas as minhas coisas são tuas. 32 Mas era justo alegrarmo-nos e regozijarmo-nos, porque este teu irmão estava morto e reviveu; tinha-se perdido e foi achado.

Fico eu imaginando quanto amor tinha no coração desse pai, mais também em quão cruel poderia estar sendo esse irmão.
Na vida você pode ser o filho, que ao se perder decidi voltar a casa do pai, você pode ser o pai que só soube amar ou você pode ser o irmão, que nada aceita. 
Não sei em que posição você está, mais espero que coloque Deus e o amor dele acima de tudo em sua vida. Pois um dia você estava perdida e alguém te encontrou. Te abraçou e lhe ofereceu o conforto que você estava precisando.

Então meninas, quem são vocês? Ah eu sou a fulana, Advogada, moro em São Paulo, não eu não perguntei o que você faz, mais sim, quem é você.
Pense no que você tem feito, você não precisa ter alguma função dentro da igreja, não precisa dançar, cantar, fazer teatro, não, você não precisa fazer, precisa Ser alguém diferente. As vezes você faz tantas coisas,  que se torna alguém que você nunca foi, não que você não possa fazer, pode sim, mais só se for pra Deus e não para parecer alguém que você não é, não é isso que as pessoas precisam, elas não se preocupam se você faz alguma coisa ou não, elas querem mesmo, é vê suas atitudes, suas diferenças, vê jesus agindo na tua vida. Para de se preocupar com o que as pessoas pensam de você, não é preciso ser líder de alguma coisa, ter uma função dentro da igreja, nada disso, é preciso ser você. 

Bom amadinhas, espero ter ajudado vocês, não pensem apenas em fazer, mais sejam pessoas que marcam a vida de outras e deixam suas boas obras. Pregue o amor de jesus por onde for. IDE!

Um super Beijo, Que Deus abençoe!
Até mais!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!