Garotas fãs de Cristo: Não engane a si mesma!

Não engane a si mesma!


O engano a si mesmo é um perigo muito comum que tem levado pessoas a se entristecerem por terem ficado iludidas com alguma situação. Diante disso, preparei esta postagem para auxiliar quem está passando por essa circunstância: ajudar a saber os motivos que a levaram a enganar a si própria e como evitar que isso aconteça novamente.

“Não vos enganeis, meus amados irmãos.” (Tiago 1.16)

A Bíblia nos alerta sobre esse assunto utilizando a frase: Não vos enganeis. Ou seja, está nos alertando para tomarmos cuidado quando nós somos o agente e a vítima do engano. Por exemplo, isso acontece muito quando estamos apaixonadas por alguém e ficamos imaginando que aquela pessoa está a fim da gente, porque tal pessoa está dando alguns sinais; só que na verdade o “crush” não está dando sinal nenhum e nem está apaixonado por nós. E quando descobrimos que ele está a fim de outra pessoa, ficamos tristes e decepcionadas. Mas por quê? Porque ficamos alimentando uma coisa na nossa mente que não tinha nada ver. Simplesmente estávamos nos enganando.


E de onde vem o autoengano? O enganar a si próprio provém das mentiras que contamos a nós mesmos. Mentiras que nos forçamos a acreditar, porque nos é favorável e conveniente.

■ Quando você acredita que é superior a alguém, está enganando a si mesma. “Se alguém se considera alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo.” (Gálatas 6.3).

■ Quando você pensa ser o mais sábio, só porque tem um bom nível de estudos acadêmicos e/ou profundo conhecimento da Bíblia; está enganando a si mesma. “Deixem de enganar-se a si mesmos. Se você pensa que tem sabedoria acima do normal, conforme avaliação pelos padrões deste mundo, faria melhor se pusesse tudo de lado e se tornasse um tolo, antes de permitir que isso o afastasse da verdadeira sabedoria do alto.” (1 Coríntios 3.18).

■ Quando você pensa que merece reconhecimento por apenas ouvir a Palavra de Deus e não colocá-la em prática; está enganando a si mesma. “Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos.” (Tiago 1.22).

■ Quando você acredita que é cristã, mas não consegue ter controle sobre sua língua; está enganando a si mesma. “Se alguém diz que é cristão e não controla a sua língua ferina, está apenas enganando-se a si mesmo, e a sua religião não vale muita coisa.” (Tiago 1.26).

■ Quando você nega algum pecado que há na sua vida, recusando-se a confessar o erro e se arrepender; está enganando a si mesma. “Se dissermos que não temos pecado, só estamos nos enganando a nós mesmos, e recusando aceitar a verdade.” (1 João 1.8).

■ Quando você pensa que colherá coisas boas quando semeou coisas ruins, está enganando a si mesma. “Não se iludam; lembrem-se de que vocês não podem desprezar a Deus e escapar: um homem sempre colherá justamente o produto da semente que ele plantou!” (Gálatas 6.7).

■ Quando você pensa que é uma cristã e está salva por Cristo, mas continua persistindo no erro fazendo aquilo que desagrada a Deus sem nenhum fruto de arrependimento; está engando a si mesma. “Vocês então não sabem que os que fazem tais coisas não têm parte no reino de Deus? Não se enganem a si próprios. Aqueles que vivem imoralmente - que são adoradores de ídolos, adúlteros ou homossexuais - não terão parte no seu reino. Nem tampouco os ladrões, os gananciosos, os bêbados, os caluniadores e os salteadores.” (1 Coríntios 6.9,10).

■ Quando você pensa que conversas promíscuas e amizades com pessoas tolas não vão influenciar em nada na sua vida; está enganando a si mesma. “Não vos enganeis. As más companhias corrompem os bons costumes.” (1 Coríntios 15.33).

E para evitar que a tendência humana de enganar a si própria ocorra em sua vida, o que você deve fazer é examinar a si mesmo, isto é, uma autoanálise. Aproximando-se de Deus através da oração, do jejum e da meditação das Escrituras Sagradas.

A Bíblia diz: “Façam a verificação em vocês mesmos. Vocês são realmente cristãos? Passem pela prova? Sentem cada vez mais a esperança e o poder de Cristo dentro de vocês? Ou estão apenas fingindo-se cristãos, quando não são absolutamente nada?” (2 Coríntios 13.5). A autoanálise inclui examinar a sua própria vida em busca de evidências da salvação (dependência sincera de Cristo, crescimento contínuo em santificação, a presença do fruto do Espírito, etc). Pois aquele que está em Cristo não pode permanecer na mentira, nem na ilusão e nem no engano.

Faça como Davi e ore ao Senhor pedindo para que Ele sonde o seu coração e os seus pensamentos, pois se houver em ti algum caminho mau, o Senhor Deus o guiará pelo caminho eterno (Sl 139.23,24).

“Assim diz o Senhor: Não vos enganeis a vós mesmos.” (Jeremias 37.9a)


Espero de todo coração que esse artigo tenha lhe ajudado. E se você gostou da postagem, separe apenas uns minutinhos para deixar o seu comentário.
Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

2 comentários:

  1. Uma bênção de Deus esse post! Deus vos abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geiliene, fico feliz que gostou deste artigo. Que Deus continue abençoando você e toda sua família.

      Beijos... =*

      Excluir

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!