Garotas fãs de Cristo: Você e seus avós

Você e seus avós


Os seus avós ainda são vivos? Agradeça ao Senhor, porque isso é uma dádiva. Digo isso, pois como pais dos nossos pais, eles são muito importantes nas nossas vidas. Por esta razão resolvi escrever sobre os vovôs e as vovós para entendermos como devemos nos relacionar com eles. Até porque não encontrei nenhum artigo que aborde o lado dos netos. Então chega de enrolação e vamos para o que interessa.

Uma avó bastante conhecida da Bíblia é a de Timóteo. O apóstolo Paulo diz que Lóide era uma mulher que ensinou à sua filha e ao seu neto sobre a fé cristã (2 Tm 1.5). Que grande responsabilidade! Isso mostra o cuidado especial que ela teve para com o seu neto, ensinando a ele o caminho em que deve andar (Pv 22.6).

 A Palavra de Deus diz que os netos são a coroa dos avós (Pv 17.6), ou seja, os avós se orgulham de seus netos. Mas não é “orgulho” do sentindo de soberba, pelo contrário, este orgulho significa que os avós sentem grande alegria e satisfação pelos filhos de seus filhos.

Mas e nós, os netos? O que a Bíblia diz que devemos fazer?

Ao falar com Jacó, que era filho de Isaque, Deus disse assim: “... Eu sou o Senhor, o Deus de seu pai Abraão e o Deus de Isaque...” (Gn 28.13). Percebeu isso? Deus disse que Abraão era pai de Jacó. Isso acontece porque quando a Bíblia diz que devemos honrar os nossos pais, os avós também estão incluídos.

“As palavras pai e mãe, no quinto mandamento, abrangem não somente os próprios pais, mas também todos os superiores em idade e dons, e especialmente todos aqueles que, por ordenação de Deus, estão colocados sobre nós em autoridade, quer na família, quer na igreja, quer no Estado.”
(Catecismo Maior de Westminster, resposta da pergunta 124)

Devemos honrar os nossos avós dando atenção. É comum pessoas mais velhas se sentirem sozinhas e sem alguém para conversar, por isso precisamos dar atenção para que eles compartilhem experiências de vida com a gente e contar histórias e “causos” que já lhe aconteceram. Mas não é para fingir que estar dando ouvidos, longe disso; você precisa estar prestando atenção em tudo. “Fiquem de pé na presença das pessoas idosas e as tratem com todo o respeito; e honrem a mim, o Deus de vocês. Eu sou o Senhor.” (Levítico 19.32).

Devemos honrar os nossos avós sendo obedientes. Mesmo tendo opiniões diferentes sobre diversos assuntos e não concordando nem um pouco com os pensamentos deles; aqui fica uma dica: Não discuta e nem seja respondona. Talvez, pela idade mais avançada, exagerem nas correções e repreensões. Porém, saiba reter para si os bons conselhos e não considere essas repressões como algo negativo. “E vocês, jovens, sejam obedientes aos mais velhos.” (1 Pedro 5.5a).

Devemos honrar os nossos avós mesmo eles estando doentes. Pela idade avançada, os nossos avós podem adquirir algumas doenças físicas e mentais; por exemplo, o Parkinson (distúrbio no nervoso central que afeta os movimentos) e o Alzheimer (uma doença que destrói a memória e outras funções mentais importantes). Já pensou em como honrar alguém que nem lembra quem você é? Por esta razão, você deve amá-los mesmo com toda dificuldade que eles enfrentam; obedecê-los e dá carinho. “Jacó estava quase cego, por causa da velhice. Enxergava muito mal. José fez os filhos ficarem bem perto do avô deles. Israel beijou e abraçou os netos.” (Gênesis 48.10).

Lembre-se que a promessa que está incluída no quinto mandamento, também abrange quando obedecemos nossos avós. “Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor teu Deus te dá.” (Êxodo 20.12).

Espero que tenha gostado desta postagem e, por isso, lhe convido a deixar um comentário.
Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!