Garotas fãs de Cristo: É pecado doar/receber sangue?

É pecado doar/receber sangue?


Um assunto bastante controverso no meio cristão é a ideia de doar ou receber uma transfusão de sangue, principalmente porque a Bíblia traz versículos que dizem que não se pode ingeri-lo. Por exemplo, as Testemunhas de Jeová condenam veemente que os adeptos de sua seita doem ou façam transfusão. Será que eles estão com a razão? É o que veremos neste artigo.


Primeiramente vamos aos versículos:

“Mas não comam carne com sangue, que é vida.” (Gênesis 9.4).

“Quem comer sangue será eliminado do meio do seu povo.” (Levítico 7.27).

“Porque a vida de toda carne é o seu sangue. Por isso eu disse aos israelitas: vocês não poderão comer o sangue de nenhum animal, porque a vida de toda carne é o seu sangue; todo aquele que o comer será eliminado.” (Levítico 17.14).

“Mas não comam o sangue, porque o sangue é a vida, e vocês não poderão comer a vida com o sangue.” (Deuteronômio 12.23)

 “Pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não impor a vocês nada além das seguintes exigências necessárias: Abster-se de comida sacrificada aos ídolos, do sangue, da carne de animais estrangulados e da imoralidade sexual. Vocês farão bem em evitar essas coisas. Que tudo lhes vá bem.” (Atos 15.28,29).

Por que Deus fez essa proibição?

Porque a vida pertence a Deus, e como sinal de respeito pela vida e pelo seu Criador, nenhum israelita podia comer carne com sangue. E o motivo teológico está na declaração: “é o sangue que faz propiciação pela vida.” (Lv 17.11c). Isto é, o sangue dos animais que era derramado nos sacrifícios fazia substituição e remissão, de um modo figurado, da vida do adorador. O sangue animal era um sinal de salvação e não devia ser consumido, porque expiava simbolicamente o pecado do ser humano.

Então transfusão é a mesma coisa que “comer sangue”?

É um equívoco dizer que transfusão é a mesma coisa que comer sangue. Há uma grande diferença entre pegar um copo cheio de sangue e engolir, e fazer uma transfusão. O ato de comer implica o processamento do alimento pelo sistema digestivo (uma absorção). Já a transfusão é a transferência direta de sangue compatível para as veias, sem qualquer digestão.

Logo dizer que pôr algo na veia é a mesma coisa que comer é um grande equívoco. Pois na administração via intravenosa (ou endovenosa) não há absorção, e o medicamento que está sendo injetado cai diretamente na corrente sanguínea.

Além do mais, todos os versículos citados falam acerca de sangue animal que está morto e não de sangue de um humano que está vivo, pois a Bíblia não permite o ato de comer carne humana (canibalismo).

E se for parar para pensar, se a mesma “lógica” das Testemunhas de Jeová fosse aplicada sobre fazer doação de órgãos, então isto seria uma prática de canibalismo, já que está “se comendo a carne humana”. Esse argumento é um absurdo e muito tosco! Entretanto, as Testemunhas de Jeová aceitam (pelo menos até agora) que seus membros façam doação de órgãos se assim desejarem. Disse “até agora”, pois por diversas vezes eles mudaram de decisão sobre essa questão.

Portanto, o fato de alguém proibir a transfusão baseada na proibição bíblica de comer sangue de animais é completamente um erro e está desconsiderando a hermenêutica e a exegese do texto bíblico. E o fato de alguém proibir a transfusão dizendo que a administração intravenosa é a mesma coisa que o ato de comer, significa que esta nada sabe sobre anatomia. Logo, você pode fazer uma transfusão de sangue sem nenhum problema, pois não é pecado.

Então eu posso doar sangue?

Sim, pois doar sangue não é pecado. O que é errado é verter sangue por motivos rituais ou religiosos (Lv 19.28), porém doar sangue não tem esse objetivo; então você pode ser um doador.

Doar sangue é um ato que reflete o amor de Cristo, que deu o Seu sangue por amor a nós. Ou seja, se alguém está precisando de sangue para salvar a sua vida e você tem um sangue compatível com a dessa pessoa, por que não ajudá-la?  Precisamos exercer mais o amor cristão do qual tanto falamos; deixar de ficar só na teoria, e pôr em prática! Pois doar sangue serve para salvar a vida de outras pessoas, como se estivéssemos dando uma porção de nossa vida para salvar outros.

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.”
(João 15.13)

“Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos.”
(1 João 3.16)


O que achou desta postagem? Deixe seu comentário!

Meu Facebook / Meu Twitter / Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

3 comentários:

  1. Deus abençoe quem fez esta postagem.
    Que ela possa abrir os olhos de muita gente que anda caindo nesse erro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigada, S. Crystine. Fico muito feliz em saber que gostou deste artigo. Que Deus lhe abençoe muito!!!

      Excluir
  2. Deus não existe, ja pensou sobre isso?

    ResponderExcluir

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!