Garotas fãs de Cristo: Pintar a unha é pecado?

Pintar a unha é pecado?


Uma leitora do blog deixou nos comentários um pedido para que eu fizesse uma postagem sobre esse assunto, para tirar as dúvidas dela e de tantas outras meninas cristãs. Principalmente porque existem igrejas que ainda são muito rigorosas quando a questão são usos e costumes. Por esta razão, resolvi esclarecer algo que ainda é polêmico e também porque não encontrei nenhum site que “rasgasse o verbo” sobre isso. Então vamos lá!

“E ela [...] cortará as suas unhas.” (Deuteronômio 21.12)

O costume de pintar as unhas já vem de tempos antigos e ela surgiu por volta dos 3000 anos a.C. nas civilizações egípcias e chinesas, como forma de demonstrar poder. Ou seja, naquela época colorir as unhas não significava apenas beleza e feminilidade, mas também demonstrava o poder que a pessoa tinha na sociedade. Por exemplo, somente as pessoas que ocupavam uma boa posição social poderiam usar cores como preto e vermelho.


Em meados do século 3 a.C., usar tons de metálico e vermelho significava que a pessoa tinha uma ocupação privilegiada na hierarquia social; um exemplo disso era Cleópatra que tinha por preferência usar vermelho-escuro.

O tratamento das unhas ficou praticamente parado até o começo do século XX, quando o esmalte começou a recuperar o seu espaço na sociedade. O esmalte era uma solução colorida que permanecia fixada apenas por algumas horas. Mas durante os estudos que desenvolviam tinturas para carros em 1925, foram descobertas as primeiras soluções que se pareciam com o esmalte que nós temos hoje. Em sua primeira versão, o produto foi disponibilizado apenas na cor rosa-claro. E em 1932, foi inventado um novo tipo de esmalte com uma enorme variedade de cores.

A partir de então os esmaltes para unhas tomaram um significado único: demonstrar a delicadeza feminina. E hoje podemos ver que a tecnologia tem evoluído, pois temos no mercado unhas postiças e até adesivos com desenhos prontos para colocar nas unhas.

Agora, o ponto onde eu quero chegar está no que as Escrituras dizem sobre o modo como as mulheres devem se adornar. Neste caso há duas passagens bíblicas: 1 Timóteo 2.9,10 e 1 Pedro 3.3,4. As duas passagens em questão não proíbem o uso de adornos como muitos por aí dizem, o que está se proibindo nessas passagens é a ostentação de prosperidade para humilhar as mulheres que não tem tanta condição financeira e também o excesso de preocupação com a aparência exterior.

Portanto, não há nenhum problema em pintar as unhas como forma de adornar. O que precisamos compreender é o princípio que está registrado na Bíblia: “as mulheres se vistam modestamente, com decência e discrição” (1 Tm 2.9). Você deve pintar a unha com modéstia, decência e discrição; ou seja, a cor que você pintar as suas unhas deve demonstrar humildade, respeito aos bons costumes e não ter a intenção de chamar a atenção. Por isso, nada de pintar as unhas de modo extravagante!

Esse princípio não quer dizer que você tem que ter falta de cuidado, pelo contrário, ele te ensina a manter uma boa aparência, a cuidar de si mesma, a ter bom senso.

Como devo cortar o formato das minhas unhas?

Existem sete formas diferentes de cortar a unha, entretanto algumas não estão de acordo com o princípio bíblico de ser discreto. Você pode cortar então de cinco formas diferentes: quadrada, quadrada com cantos arredondados, redonda, oval e amendoada. Porém, não pode cortar nas formas: bailarina e pontuda (stiletto).


Posso pintar a unha de todas as cores que existem ou há uma cor que é errada?

Desde a base fortalecedora ao preto, você pode usar sem problemas; no entanto, escolha cores que não sejam tão extravagantes assim, por exemplo, aquelas cores “marca texto”. (risos) Existem tonalidades de amarelo que são bem chamativos e outros que são mais discretos; e é nessa hora que você deve usar o bom senso para escolher o que mais se adequa ao princípio bíblico.

COMO USAR



COMO NÃO USAR



Posso fazer desenhos nas unhas?

Claro que sim, você pode decorar as suas unhas! E da mesma forma que expliquei na pergunta acima, dou ênfase aqui. Escolha desenhos modestos e até mesmo criativos. Mas sempre use o bom senso. Ah, e fazer desenho nas unhas não tem nada a ver com tatuagem. Já vi muito líder dizendo que não podia, porque era uma forma de tatuagem. Porém, tatuagem e desenhos nas unhas não são a mesma coisa, não tem nenhuma relação.

COMO USAR



COMO NÃO USAR



Posso pintar as unhas anelares diferentes das outras? E pintar as unhas com duas cores diferentes?

Pode sim! Pesquisei sobre a moda das unhas anelares serem diferentes e não há nenhum significado e ninguém sabe ao certo sua origem, então pode fazer sem problema algum. E sobre pintar as unhas com duas ou mais cores diferentes, também pode.

COMO USAR



COMO NÃO USAR



Conclusão: Pintar a unha não é pecado, contanto que busque ser modesto, decente e discreto!


E o que achou desta postagem? Você tem dúvidas sobre alguma coisa?
Deixe seu comentário!

Meu Facebook / Meu Twitter / Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

2 comentários:

  1. Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiii, viciei nesse blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico bastante feliz que você tenha gostado da postagem e do blog, Larissa. Que Deus te abençoe grandemente.

      Excluir

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!