Garotas fãs de Cristo: Ações Precipitadas...

Ações Precipitadas...


Deus tem falado muito comigo sobre não tomar decisões precipitadas, e então decidi compartilhar com vocês o que tenho aprendido com as minhas experiências com Ele. Porque não é nada fácil pensar antes de agir, e isso é uma luta diária que temos que aprender a lidar como servos do Senhor.

Um versículo que me chamou muita a atenção sobre isso é:

“Não é bom ter zelo sem conhecimento, nem ser precipitado e perder o caminho.”
(Provérbios 19.2 – NVI)

“Agir sem pensar não é bom; quem se apressa erra o caminho.”
(Provérbios 19.2 – NTLH)

“Além de ser perigoso, agir sem pensar nas causas e consequências é pecado.”
(Provérbios 19.2 – Bíblia Viva)

Costumo sempre comparar as versões para maior entendimento do versículo, e isso tem sido muito bom para mim em meus devocionais. Como já pode perceber, tomar decisões precipitadas é pecado e desagrada muito ao Senhor.


A pressa de querer tomar decisões sem consultar primeiramente a Deus tem sido um erro muito praticado por nós cristãos. Queremos tanto uma coisa e nem pedimos ao Senhor o direcionamento dEle, e isso é errado, porque muitas das vezes o nosso querer não é o querer de Deus, isto é, muitas vezes as nossas vontades não são as vontades de Deus. E sabemos que a vontade do Senhor é boa, agradável e perfeita para nós (Rm 12.2).

E o que fazer então para não praticar ações precipitadamente?

Tenha bom senso! O bom senso é a capacidade de fazer escolhas sensatas com cautela e equilíbrio; é a habilidade para distinguir o verdadeiro do falso. E isso só pode ser adquirido com o tempo e com a experiência, levando sempre em conta o lado racional e não deixando se dominar apenas pelo lado sentimental. “O homem de bom senso sempre age com sabedoria, mas quem despreza a Deus mostra a todos como é tolo e sem compreensão da vida.” (Provérbios 13.16).

Tenha domínio próprio! O domínio próprio é a capacidade de dominar os seus próprios impulsos, emoções e atitudes; é uma parte (uma qualidade) do fruto que o Espírito Santo produz no cristão. Se você já é cristão então você já adquiriu o domínio próprio, e agora só falta desenvolvê-lo. Para que este amadurecimento ocorra você precisa estar debaixo de muita oração, jejum e meditação nas Escrituras Sagradas. “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.” (Gálatas 5.22,23).

Atitudes práticas para o dia-a-dia:

Não acredite em tudo o que te falam sem antes conferir se aquilo é verdade. Por exemplo, alguém te diz que sua melhor amiga falou mal de você numa roda de amigos. O que você faz: Você vai logo tirar satisfação com sua melhor amiga ou irá procurar pelas pessoas que estavam na roda e verificar os fatos? Pense nisso! “Só mesmo uma pessoa muito tola acredita em tudo que ouve. A pessoa sensata examina com atenção cada passo que dá.” (Provérbios 14.15).

Não tome partido em uma discussão (ou “briga”) sem saber dos fatos e provas. Uma coisa que aprendi vendo seriados policiais, é que não se pode condenar uma pessoa sem antes ter todas as provas concretas para isto. Ou seja, muitas das vezes queremos tomar partido em alguma rixa que aconteceu, mas se a pessoa que a gente “condena” com unhas e dentes for dada e provada como inocente? Como é que vai ficar a nossa cara?. “Não tenha pressa de ir ao tribunal para contar o que você viu. Se mais tarde outra testemunha provar que você está errado, o que é que você vai fazer?” (Provérbios 25.8).

Não faça votos a Deus pelo calor do momento. É muito comum quando a gente sente o coração aquecido pela presença de Deus fazer promessas a Ele. O problema é que não cumprimos o nosso voto e depois queremos ficar pedindo perdão ao Senhor todas as vezes que isso acontece. Não é pecado fazer um voto a Deus, mas quando quiser fazer isso, pense bem, veja se você vai conseguir cumprir de fato a promessa. “É loucura fazer promessas a Deus e assumir compromissos com Ele sem antes pensar nas consequências!” (Provérbios 20.25).

Não prometa nada a ninguém pelo calor do momento. Assim como não podemos fazer votos diante de Deus sem pensar, da mesma forma não podemos prometer algo pelo impulso do momento, sem antes pensar se vamos conseguir cumprir. “É muito melhor não prometer e fazer alguma coisa do que prometer e depois não cumprir.” (Eclesiastes 5.5).

Não fale as coisas sem antes refletir no que vai dizer. É comum falar coisas que não devíamos e acabar machucando as pessoas, principalmente durante uma discussão; mas não pode ser assim! Sempre que você tiver um impulso de falar algo, conte até dez antes de abrir sua boca; isso fará você parar e pensar bem no que irá dizer. “Você já viu alguém que se precipita no falar? Há mais esperança para o insensato do que para ele.” (Provérbios 29.20).

Espero que vocês tenham gostado destas dicas para facilitar a sua vida a partir de agora. O meu desejo é que vocês cresçam e amadureçam na caminha cristã!

“O homem paciente dá prova de grande entendimento, mas o precipitado revela insensatez.”
(Provérbios 14.29)


Qual a sua opinião sobre esse assunto? Deixe um comentário!
Meu Facebook / Meu Twitter / Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!