Garotas fãs de Cristo: Livro: Polêmicas na Igreja – Augustus Nicodemus

Livro: Polêmicas na Igreja – Augustus Nicodemus


Desde quando descobri a existência deste livro, eu fiquei louquinha para comprar, pois percebi que muitos amigos virtuais falavam muito bem do mesmo. Aproveitei que estava numa livraria e fui verificar se tinha o livro que queria; e não é que tinha?!  Não pensei nem duas vezes, e já fui logo comprando... Espero que vocês gostem desta resenha e adquirem assim que puder este livro maravilhoso!

Páginas: 224
Editora: Mundo Cristão
Ano: 2015
Onde comprar: Mundo Cristão | Saraiva | Americanas


Sinopse:

Augustus Nicodemus é um dos principais teólogos da atualidade no Brasil. Sua intensa atividade na internet influencia uma multidão de ávidos seguidores em busca de uma abordagem cristocêntrica e reformada.

Em Polêmicas na Igreja, ele apresenta sua visão sobre os principais temas que desafiam a Igreja em nossos dias e que podem comprometer a fé cristã, caso não sejam adequadamente analisados.

Nesta obra você descobre como a Bíblia pode nos ajudar a compreender assuntos diversos e críticos, como homossexualidade, fé e cultura, espiritualidade e religiosidade, céu e inferno, verdade e pluralidade, dons espirituais, unção e outros que florescem em discussões acaloradas entre cristãos.

Resenha:

O livro “Polêmicas na Igreja” oferece respostas para aos diversos questionamentos que surgiram dentro da igreja moderna e que têm provocado grandes debates e polêmicas em nosso meio.

De uma maneira simples e objetiva, o reverendo Augustus Nicodemus discorre sobre até que ponto vai a nossa liberdade de expressão. Aborda também sobre liderança, os valores do Reino e os valores do mundo, dons espirituais, e até mesmo responde se vale de tudo para pregar a mensagem do Evangelho, entre outras coisas.



Minha Opinião:

Incrível – é a palavra que descreve exatamente esta obra do reverendo Augustus Nicodemus. Indico este livro para todos cristãos, sejam eles jovens ou adultos, líderes ou pastores; pois todos devem compreender alguns dos assuntos polêmicos que permeiam a igreja atual.

O interessante deste livro é que o autor não usa termos complicados e nem estende os seus argumentos deixando a leitura cansativa. Pelo contrário, ele usa uma linguagem simples para que todos entendam e não fica enrolando ao discorrer sobre os assuntos.

O autor responde com concordância bíblica sobre assuntos tão complexos de se lidar, como por exemplo, o tão famoso “Não julgueis” e “Não toque no ungido do Senhor”. E a exposição que ele faz sobre o assunto é incrível, pois traz todo o contexto das passagens que são usadas.

Faço aqui também uma ressalva. Um único ponto em que mais ou menos discordo com o autor é quando ele fala sobre os dons espirituais. Digo “mais ou menos”, porque muitas das coisas que ele escreve sobre o assunto, realmente tenho como verdade, porém eu tenho a visão teológica continuísta; e não cessacionista como o autor. E eu já comprei o livro ciente que discordaria um pouco neste ponto, pois acompanho os artigos de seu blog e os seus vídeos lançados no YouTube. Mas isso não tira nem um pouco o mérito que o livro tem.



Quotes:

“Quem nunca julga contribui para que o erro propague e as pessoas continuem equivocadas.” (página 31)

“‘Não toque no ungido do Senhor’ é apelação de quem não tem argumento nem exemplo para dar como resposta.” (página 36)

“Pela graça, os salvos mediante a fé em Cristo já experimentam o céu aqui e agora, embora de forma limitada.” (página 70)

“Paulo conheceu e citou autores de sua época que certamente não eram cristãos, como Epimênides (Tt 1.12), Menandro (1 Co 15.33) e Aratus (At 17.28).” (página 79)

“Não é pecado ser tentado à homossexualidade, da mesma forma que não é pecado ser tentado ao adultério, desde que se resista a ele, claro.” (página 131)

“Namorados que praticam relações sexuais estão pecando contra a Palavra de Deus.” (página 143)

“O ofício apostólico, restrito aos Doze e a Paulo, cessou quando eles morreram.” (página 161)

“A profecia listada entre os dons descritos no Novo Testamento se refere à capacidade dada por Deus a determinadas pessoas para trazerem uma palavra divina à Igreja, palavra essa baseada nas Escrituras, revelada em momentos de crise e necessidade.” (página 175)

“Os recursos que Deus nos deu são poderosos para fazer o bem, se cuidarmos de usá-los corretamente.” (página 199)

“Jovens cristãos recém-admitidos nas universidades deveriam estar preparados para enfrentar o desafio que a incredulidade generalizada representa às suas convicções.” (página 202)


Se você já leu o livro, o que achou? Se ainda não tem o livro, está curiosa para tê-lo? Deixe um comentário!
Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!