Garotas fãs de Cristo: CASEI, e agora?

CASEI, e agora?

Depois que se passa todo aquele ‘corre-corre’ dos preparativos para o casamento, a lua-de-mel e tudo mais, e vocês finalmente chegam em casa, vem a seguinte pergunta “ E agora? ”
Pois é, hoje eu vou estrear essa coluna com o seguinte tema “CASEI, e agora? ” e eu sou bem suspeita para falar porque faz apenas 1 mês que me casei, então quero ajudar as meninas que assim como eu se casaram recentemente ou aquelas que estão noivas mais que já querem aprender um pouco com as experiências das casadas, e também tem aquelas que já são casadas há algum tempo mais que se interessaram pelo tema. Sejam todas bem-vindas meus amores!

Então, pra começar eu vou citar alguns tópicos com atitudes que devemos ter logo quando bater aquela perguntinha que citei acima.

CAIA NA REAL
O título do tópico pode ter assustado um pouco mas é bem isso mesmo. Nós mulheres muitas vezes sonhamos em se casar e idealizamos esse grande dia de uma forma bem relacionada ao que víamos nos contos de fadas, porém, está aí um dos grandes problemas para os recém-casados porque nosso coração vai está cheio de expectativas, das quais a maioria não será suprida, o que resultará em FRUSTAÇÕES! Acho que uma grande parte ou todo mundo já conheceu a dor de uma frustação, então o quanto pudermos evitar esse tipo de situação, melhor! A primeira dica é: Zerar as expectativas!
Quanto mais esperarmos de alguém ou de algo, pior vai ficar porque devemos saber que não podemos transferir para outra pessoa a responsabilidade de nos tornar feliz, porque assim como nós, essas pessoas são falhas então quanto menos esperarmos delas é melhor porque seremos surpreendidas ao invés de frustradas caso algo saia diferente do que tanto sonhamos.

RESPEITAR AS DIFERENÇAS
No período do namoro e noivado, creio eu que vocês tiveram um tempo para conhecer um ao outro, principalmente para conhecer as diferenças um do outro então o período de casados servirá para vocês dois pôr em prática aqueles 10 mandamentos do lar que algumas já devem ter visto na casa da mãe, da vó, ou em algum lugar por aí... E para quem não sabe eu vou citar, são eles: Deus, amor, fé, diálogo, dedicação, compreensão, união, perdão, mansidão e respeito. Então, que vocês possam sempre colocar Deus acima do relacionamento de vocês, que depois disso que possa haver amor (lembrando sempre de 1Coríntios 13:4-7), fé porque sem ela é impossível agradar a Deus, diálogo que é a chave para muitas coisas, dedicação para fazer as coisas para seu esposo/esposa e filhos, compreensão para entender algumas situações que vocês irão passar, união para enfrentar os desafios diários, perdão quando for necessário, mansidão para que não saiam de suas bocas palavras que possam ferir (1 Pedro 3:4) e respeito para que haja uma boa convivência entre vocês. Se tudo isso for colocado em prática dentro do seu lar com certeza você se sairá muito bem nessa segunda missão.

FORTALEÇAM-SE
Depois de cair na real e encarar as diferenças, chegou a hora de se fortalecer. E como podemos fazer isso? Bom, a caminhada vai ser longa e os primeiros meses e anos serão difíceis mas se tivermos uma base sólida tudo vai passar e vocês continuarão de pé, então para isso é necessário “LER O MANUAL”! O manual de todo cristão é a bíblia, é lá que se encontra tudo que iremos precisar para enfrentar os desafios do nosso dia-a-dia por isso tenham o hábito de ler a bíblia e se possível juntos, porque além de crescer espiritualmente, vocês também aumentarão a intimidade entre vocês. E não se esquecendo também de orar que é fundamental pra fechar com chave de ouro!


Eu vou ficando por aqui, se gostaram do post comentem porque é muito importante saber o que vocês estão achando. Qualquer coisa pode falar comigo nas redes sociais e eu responderei com muito prazer. Até próxima sexta!

Me siga também nas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!