Garotas fãs de Cristo: Porque Ele amou primeiro

Porque Ele amou primeiro



Amor.

Sentimento bonito esse, não é? Realmente é muito bom amar alguém e receber o amor de volta. É bom ter alguém por perto cuidando da gente, querendo ouvir o que temos a dizer, se preocupando até com nossos menores problemas.

Nós amamos nossos pais porque eles cuidam de nós, nos protegem, suprem nossas necessidades e nos dão o maior carinho que podem. Amamos nossos irmãos porque eles são nossos companheiros e sangue do nosso sangue. Amamos nossos amigos porque nos identificamos com eles, porque podemos confiar e contar com eles.

Nos amores citados acima, os dois fatores se misturam, mas dá para perceber que há sempre uma condição estabelecida para o amor. E se elas não existissem, ainda haveria amor? Será que não são elas as razões pelas quais amamos mais as pessoas que se identificam com a gente do que o mendigo que fica ali na esquina, ou a menina chata da sala de aula que insiste em nos provocar?

Afinal, como amar alguém que eu nem conheço (e nem me interesso em conhecer), ou alguém que insiste em me tratar com desprezo?

Em meio a tantos amores, insistimos em afirmar que amamos a Deus. Mas por que? Pelo o que Ele é, ou pelo o que ele nos dá? Porque sabemos que podemos contar com Ele em nossas necessidades ou porque gostamos da companhia Dele? Porque Ele nos brinda com sua misericórdia todos os dias ou porque decidimos entregar a nossa vida a Ele, mesmo que tudo aconteça de forma contrária aos nossos anseios?

Até onde vai esse nosso amor por Deus? Se por amor Dele, tivermos que deixar tudo para trás, nossos sonhos e desejos mais fortes, será que o amor persiste? Se tivermos que perder coisas a que damos valor, seremos capazes de render graças ao nome Dele?

Bem, a resposta para essas perguntas demandam tanta reflexão que eu deixo no ar, para que cada um a tenha em seu próprio coração. Mas de uma coisa eu sei: nós O amamos porque Ele nos amou primeiro. Porque Ele nos salvou, resgatou e regenerou por meio de Jesus. Mesmo não tendo nada que preste dentro de nós. Mesmo tendo toneladas de sujeira dentro do nosso coração. E esse amor não é amor de homem. É amor de Deus. Incondicional. 

3 comentários:

  1. É lindo utilizar dos meios que hoje dispomos (chat, link, rede social) para divulgar a palavra de Deus.
    Venha nos visitar:
    http://botefeamor.blogspot.com.br/
    Abraços Fraternos

    ResponderExcluir
  2. Lindo post. é tão bom sentir esse amor. Como diz a música do DT "Jesus, que amor é esse?" Bjs
    comqueroupavouparaigreja.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Meninas, obrigada por lerem e comentarem! Realmente o amor de Jesus é enorme!

    ResponderExcluir

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!