Garotas fãs de Cristo: Agosto 2013

A igreja


No último fim de semana eu li uma notícia que me deixou ao mesmo tempo feliz, surpresa e esperançosa. E ainda me deu uma grande e importante lição. A notícia tinha a seguinte manchete: “Araruama: Igreja investedízimos e ofertas na construção de casas para membros sem moradia”.

Pelo o que a matéria nos conta, essa igreja resolveu usar a colaboração de seus fiéis para socorrer os membros em suas necessidades. A questão que me chama a atenção, é que este exemplo é na verdade uma regra que virou exceção...

Veja bem, quantas igrejas você conhece que investem mais em ajudas sociais, ações beneficentes e até missões do que em reformas e eventos para atrair membros? As que eu conheço são bem poucas...

Isso me leva a pensar, que tipo de igreja somos nós? E ao dizer igreja, eu não me refiro somente ao local ou instituição que se frequenta, mas a cada um de nós que se intitula cristão e servo de Jesus Cristo. Será que estamos cumprindo verdadeiramente o nosso papel neste mundo? Será que a religião que praticamos está de acordo com o que dizemos acreditar?

Vamos ver o que a Bíblia diz a respeito disso em Tiago 1:27:

A religião que Deus, o nosso Pai, aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo.

O que eu entendo deste trecho bíblico é que de nada adianta irmos aos cultos, postarmos uns versículos nos perfis nas redes sociais, se não damos a mínima para o que acontece com as pessoas que convivem conosco. Pior: como temos coragem de nos chamarmos cristãos se mal nos importamos com o que se passa na vida dos próprios irmãos da igreja, com quem teoricamente temos comunhão todo final de semana? Se for assim, nos tornaremos como os fariseus que tanto foram repreendidos por Jesus, devido às suas atitudes arrogantes e mesquinhas.

A verdadeira fé é aquela que opera mudanças no coração humano. E acredito que foi a fé que fez essa igreja do Rio de Janeiro, voltar o foco para coisas realmente importantes. Não é pecado reformar o templo, é até necessário. Mas, se essa reforma estética toma conta do orçamento de uma igreja e não deixa que o serviço social seja feito, eu penso que as prioridades podem estar equivocadas.

Enfim, acho que esse exemplo pode servir de alerta para pensarmos mais sobre o que temos feito da nossa fé e do verdadeiro papel da igreja na sociedade.

Quão grande é meu Deus

     Vocês podem estar pensando ao se deparar com tão poucas palavras 'mas nossa, a colunista desta vez estava com preguiça, pois olha o micro-texto que ela postou'.
Mas não. Como todo blog, cada colunista tem um dia para estar postando, o meu, é toda quarta-feira.Hoje é sexta e desde terça-feira a noite, estou orando a Deus para Ele me confirmar se era isso mesmo que deveria postar. E é.
Essas pequenas palavras são ministrada pela cantora Soraia Morais na musica 'Quão grande é o meu Deus'. Tocou no profundo do meu coração e como Deus me permitiu estar postando-a sei que tocará, o seu coração.
    A pergunta é: que tamanho é Deus?
Não tem como descrever, Ele é maior que tudo, Ele é maior que os teus problemas, quem sabe há um problema na tua vida, tão grande pra você, e ele é grande mesmo porque você é um ser humano, você é limitado.
Você não enxerga mais nada a sua frente, só enxerga o problema. Eu quero te dizer, que o Deus que está na minha vida e na tua vida é maior que os teus problemas.
É maior que a enfermidade do teu filho. É maior que o problema que você está enfrentando, no teu trabalho seja lá qual for a situação, Ele é maior.
Ele é grande.

Indicação: Deus não mora na Bósnia

Olá! Hoje não tem texto inédito da coluna “De tudo um pouco”, mas tem esse texto top da Patrícia Geiger do Não Morda a Maça:
Certa noite desliguei o computador e fui dormir mais cedo. Estava cansada. Cansada de um dia puxado, cansada de estar cansada. Refleti em algumas coisas na minha vida, alguns acontecimentos.
Achava que Deus estava distante. Que Ele não falava mais comigo.
Comecei a orar, chorar.
Mas parecia que nada, nada mesmo, fazia sentido. Que nada podia me dar paz naquele momento. Nem as passagens que eu lia na Bíblia, me confortaram, só me fizeram chorar mais ainda.
Sem saber direito o que fazer, mandei mensagem para uma amiga.
- Ora por mim?
- Oro, claro. Mas tem algum motivo em específico?
Desabafei tudo. Tudo o que meu peito gritava. Toda a dor, angústia, cansaço, raiva presos em minha garganta. Aparentemente sem motivos. Deus tem sido maravilhoso comigo, claro. Mas e quando tenho sonhos e desejos que parecem que nunca vão se realizar? E quando parece que a minha vida não tá indo a lugar nenhum? Quando parece que eu só fico dando voltas?
Não, não tenho motivos para reclamar.
Mas tem dias que.. sei lá. Bate essa angústia ai.
E Deus nos surpreende.
Eu achava que Deus estava longe, que Ele não me ouvia.
Foi quando, depois de algumas palavras da minha amiga, ela larga:
“Deus não mora na Bósnia, Ele mora em você.”

Eu que até então chorava, soltei uma gargalhada.
Na hora foi engraçado. Foi.
Mas abriu meus olhos.
E como uma sacudida, eu percebi que Deus está muito mais perto do que eu imagino. Ele habita em mim.
Aquela ideia de que Deus está lá longe, em algum lugar do Céu, olhando para nós e de vez em quando resolve inclinar Seus ouvidos aos nossos pedidos, caiu por Terra.
Claro que isso não é novidade nem para mim e nem para você.
“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” I Coríntios 3:16
Parece que já estamos cansados de ouvir essa passagem. Mas precisamos lembrar disso todos os dias, porque de fato não sabemos que somos o tempo de Deus. E que o Espírito Santo, habita em nós.
Deus usou uma frase engraçada, para abrir meus olhos e me lembrar de muitas coisas.
Agradeci a minha amiga e fui dormir.
Quando uma música não parava de ecoar na minha cabeça:
Deus preferiu essa carne
Não quis os templos que eu posso construir
Com minhas mãos
Me fez casa
Eu sou morada
Lugar de Deus
Que não está lá fora
Mas sim mora dentro de mim
Abri a porta e Ele entrou em casa.
Estou em obras.
Essa morada um dia será perfeição!
Deus preferiu essa carne
Não quis os templos que eu posso construir
Com minhas mãos, não!
Me fez casa
Eu sou morada
Lugar de Deus
Que não está lá fora
Mas sim mora dentro de mim
A minha janela são estes olhos que brilham
Uma coisa ela mostra
Quem a ilumina é o meu Amado
Mudando as coisas de lugar
Dentro de mim, dentro de mim
Eu sou casa
lugar de Deus
Ele habita em mim
Lá fora é frio
Lá fora é medo
É alto de monte
Deserto, vazio
Morando em mim, Tu me aqueces
Me ensina a ser livre
Santo Espírito me enche de alegria
Eu tenho uma boa notícia para você!
Deus não mora na Bósnia! Ele mora em você!
Ele não se importa com os templos que possamos construir para Ele. Ele preferiu morar em nós!
“Estou em obras.”
Com amor
Pati Geiger
Observação:
Estas palavras realmente mexeram comigo, sabe? Eu não tinha como não me identificar. Tem vezes que me sinto meio perdida mesmo, que questiono o sentido de tudo o que acontece na minha vida. Parece que é fácil esquecer que os propósitos de Deus são bem maiores que o nosso, né?

Quantas vezes já não ocorreu uma coisa estranha, que não dava para compreender a razão de ser, mas que no final das contas, deu para perceber que aquilo era o melhor mesmo?

Se colocamos Deus no controle temos que aprender a confiar Nele. E perceber que quando temos crises, Ele não está distante, não vive na Bósnia. Vive bem pertinho. Bem mais do que a gente consegue imaginar...

Pai - Contos

* Gente este conto era para os dias do pais, mas meu not deu um treco aqui e eu não pude postar, desculpem.

- Pai, venho até a tua presença para agradecer por este dia. Por ter me dado um pai aqui na terra e por ser meu Pai.
Obrigada Senhor por sempre me deixar entrar na Tua Presença, por sempre me chamar para estar aqui contigo. Afinal, nos tempos antigos só uma pessoa podia entrar na Sua presença uma vez por ano, e hoje posso entrar sem medo.
Obrigada por me amar tanto ao ponto de me entregar o seu Filho, que hoje é o meu irmão, para morrer em meu lugar e me fazer parte da Sua família.
Obrigada por sempre me entender, me amar. O que seria de mim sem o Seu amor Pai ?
Amor único, perfeito, incondicional, que me ama por quem sou. Que não espera nada de mim, mas que me ama mesmo assim.
Obrigada por sempre me perdoar, Papai, quando erro. Obrigada por sempre me trazer de volta para Ti.
Obrigada por sempre me dar o Seu melhor, mesmo quando sou impaciente, obrigada por Suas bençãos na minha vida.
Obrigada por todos ao meu redor. Obrigada pela sua companhia, mesmo quando não percebo.
Só em Ti, Pai, estou segura. Quero exaltar o Seu amor. Quero estar nos seus braços de amor.
Feliz dia dos Pais, Paizão.

"Mas, a todos quantos o receberam, 
deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus,
 aos que crêem no seu nome"
João 1:12


xxx Isabelle

O testemunho do crente

         Se os colossenses não tivessem a sabedoria concedida por Deus, facilmente seriam levados pelos enganos e engodos dos falsos ensinos. É Deus quem dá sabedoria; é bem-aventurado quem acha a sabedoria; o sábio diz que a sabedoria é a coisa  principal. Quando o apostolo se refere aos ‘’que são de fora’’, deixa claro que os crentes são ‘’os que são de dentro’’.
Aí se vê a diferença. De fato, os seguidores de Cristo são na verdade, neste mundo, peregrinos, e forasteiros. Estão no mundo, mas não são do mundo. Dentro das igrejas locais, há muitos crentes perdendo tempo, quantos há que, aos domingos, ou em outros dias da semana, deixam de ir à igreja para assistirem a programas de televisão, que nada tem de edificantes para a vida cristã; ao contrário, a envenenam e sufocam.
        Quantos não têm tempo para ler sequer um capitulo da Bíblia ou para orar durante meia hora por dia, mas tem tempo para ler jornais, revistas e outros tipos de literatura; quantos que. Enquanto a igreja está reunida, vão aos clubes e outros locais de duvidosos lazeres. Não queremos dizer que o lazer justo e necessário, no momento oportuno, seja pecado. Mas a perda de tempo é flagrante na vida de muitos que dizem cristãos.
Paulo dá uma grande lição de relações entre os crentes e entres ‘’os que estão de fora’’. O crente em Jesus deve expressar-se com palavras, de tal forma que os ouvintes sintam-se bem ao ouvi-lo. A palavra agradável é sinônima de ‘’graciosa’’, que vem de charis, ‘’graça’’. É a palavra que atrai os que a ouvem, com gentileza, amabilidade e respeito fundado no amor com que devemos nos amar uns aos outros. 
         A palavra agradável e temperada com sal é a palavra que mantém o ouvinte atento a fala ou mensagem transmitida. É a palavra com unção de Deus. Há pessoas que querem pregar e ensinar, mas, como são exageradas em suas maneiras de ser, não são ouvidas, são rejeitadas; tem ‘’sal de mais’’; há outras, que não tem o que dizer acerca de sua fé; é porque tem sal de menos, ou já são ‘’insípidas’’ em seu viver. Deve-se ressaltar, no entanto, que a palavra ‘’agradável’’ e ‘’temperada com sal’’ não impede uma palavra enérgica e necessária, quando se confronta os inimigos do evangelho.
O apostolo ressalta a conveniência no falar ‘’a cada um’’. Certamente, ele tinha em mente que cada pessoa com quem se fala tem uma maneira diferente de reagir ao que se lhe transmite. Mesmo entre os crentes, há diferenças de percepções. Uma repreensão a um crente antigo, maduro na fé, pode ter um efeito positivo e edificante. A mesma repreensão dada a um novo convertido, pode traumatiza-lo espiritualmente. Uma palavra de exortação, dada a uma irmã antiga na fé, pode resultar em crescimento espiritual para ela; a mesma palavra, para uma adolescente pode causar-lhe tanta tristeza a ponde de levá-la a deixar a igreja.
                

Pai?


Tem pai que escuta.

Tem pai que fala.

Tem pai que ao abrir a boca, exala sabedoria.

Tem pai que cuida. Até demais.

Tem pai quietinho.

Tem que pai que é pai é mãe.

Tem pai que chora.

Tem pai que é metido a palhaço e quer fazer os filhos rirem a qualquer custo.

Tem pai que é sem jeito. Tem muito amor pelos filhos, mas não consegue demonstrar da maneira convencional. Mostra do seu jeito, todo peculiar. E nem por isso deixa de amar.

Tem pai que é companheiro. Que não sai do lado do filho enquanto ele não aprende a liçãozinha chata de matemática.

Tem pai que não é de sangue. É de coração.

Tem pai distraído.

Tem pai preocupado. Que não pode nem sonhar em deixar faltar uma agulha que seja aos filhos.

Tem pai-vô. Que foi embora e deixou uma saudade enooooorme na gente. Mas sabe que marcou para sempre.

Tem pai que mesmo longe dá um jeitinho de ficar perto.

E tem o Pai. Aquele lindão que amou o mundo tanto, mas tanto que deu o seu filho único para nos salvar. E ainda nos adotou.

É o Pai que nos ensina a cada dia o que é amor de verdade. É o Pai que nos uniu e nos fez irmãos.

Que neste dia dos Pais, a gente se lembre do Pai Celestial, que com imenso amor nos trata e do pai terrestre que ele nos deu. Não importa se esse pai não é perfeito. Ele é quem Deus designou para cuidar de nós, e merece todo o amor, carinho e respeito. Não somente hoje, mas todos os dias.

Que além de dar um presente, você possa orar pela vida do seu pai e agradecer por tudo que ele fez por você.

A oração do crente

                              “Perseverai em oração, velando nela com ação de graças” (Cl 4.2).                                                      
       A Bíblia inteira exorta o crente à oração. Sem esse recurso valioso e indispensável á vitória contra o mal, é impossível o crente e a igreja resistirem às investidas das heresias. Há lugares em que igrejas se dividem perdendo membros para seitas e movimentos estranhos que se apresentam com feição de cristã, de avivalismo e de aparente santidade. Só com muita oração intercessória, sabedoria divina e estudo da Palavra de Deus é que o erro pode ser exposto e repelido.
      A oração faz parte da vida devocional do crente em Jesus, ao lado da leitura da Bíblia e do louvor sincero. Ela deve ocupar um lugar especial em nossa vida diária com Deus. A experiência demonstra que orar, no sentido estrito e pleno desta palavra, não é fácil. O adversário do crente e da igreja sempre engendra um meio para impedir a oração.
Ele sabe que, na vida diária de oração, está o segredo do sucesso pessoal, e também da igreja no sentido coletivo. Davi era homem de oração como vemos em Sl 55.17; 5.2,3; 119.62,147, 164.
     A questão não é apenas orar, mas orar constantemente. Orar não somente muda as coisas, mas também muda o crente. Se você não apenas precisa, mas quer mudar, ore mais e jejue também, se puder. Jesus orou com agonia de alma, vezes seguidas no Getsêmani, diante da extremamente dolorosa missão que deveria cumprir. Diz a Bíblia “orar sem cessar”, uma das razões para o extraordinário  crescimento da igreja em quantidade e qualidade, em seus primórdios, foi a vida de oração dos crentes. Eles “perseveravam... nas orações”.

      “Perseverai em oração, velando nela com ação de graças”. O termo velar, no original, significa “estar vigilante”, “estar alerta”. Como faz a sentinela no seu posto. “Velando nela” quer dizer estar alerta durante o período de oração, por causa dos ardis do inimigo contra a oração. Também significa estar alerta na vida de oração. Em diversas referencias, a Bíblia chama a atenção para o valor da vigilância e da oração, como em 1 Pe 4.7, “vigiai em oração”. É preciso vigiar para que o diabo não nos trague. Em Efésios, está escrito “orando em todo tempo... e vigiando nisso com toda perseverança”.      

Deixe tudo para trás - Contos

- Ei pequena, por que não me deixa te satisfazer? Aliviar sua alma que tanto anseia por mim?
Por que não me deixa te lavar e curar suas feridas?
 Você sabe que não precisa de relacionamentos, nem de um emprego, ou cargo que te glorifique. Mas sim de mim.
Por que não me deixa cuidar de ti ? Eu te amo tanto minha filha.
Eu dei o meu filho para que você pudesse estar junto a mim. Mas você só se preocupa com namoro.
 Meu filho fez tudo por você na cruz, mas você acha que tem que fazer mais alguma coisa para mim. Se quiser fazer algo, faça isso: Me dê seu coração. Me deixe cuidar de ti. Me deixe suprir suas necessidades.
Criança, esse vazio que você sente aí dentro de ti, nada, mas nada poderá preencher. A não ser eu. Esse vazio fui eu que coloquei para que você viesse a mim.
Então minha pequena, deixe tudo para trás. Suas mágoas, seus relacionamentos antigos,suas rejeições, seu fardo, seus problemas. Deixe TUDO para trás e venha para a fonte de água viva. Me deixe saciar a sede da sua alma.
Deixe o meu amor transbordar. Eu sou a fonte de água viva que você precisa. Venha até a mim e você não terá mais sede dessas coisas e não sentirá o vazio que sentia antes. Eu sou tudo o que você precisa. Deixe tudo para trás e venha até a mim.

" Mas quem beber da água que eu lhe der
nunca mais terá sede.
Ao contrário, a água que eu lhe der
se tornará nele uma fonte de água a 
jorrar para a vida eterna."
João 4.14


xxx Isabelle