Garotas fãs de Cristo: Foi por todo mundo!

Foi por todo mundo!



Porque Deus amou o mundo tanto, que deu o seu único Filho, para que todo aquele que crer não morra, mas tenha a vida eterna. – João 3:16

Acho que todo mundo conhece este versículo, não e mesmo? Ele resume a Bíblia em poucas palavras e define o propósito divino para com a humanidade.

Mas, acho que de tanto conhecermos o que ele diz, podemos deixar algumas interpretações passarem batidas. Por exemplo:

Porque Deus amou o mundo tanto...

Deus amou o mundo tanto. Amou todas as pessoas. Me amou. Te amou. Amou nossos parentes e queridos amigos. Mas amou também as pessoas que nos irritam, que nos acusam, que tem o pecado que a gente vê como o mais nojento do mundo. Como se um pecado fosse maior que o outro. Pecado é pecado, todos ofendem a Deus, o que muda é a conseqüência e a postura do pecador que pode ser de arrependimento e rendição ou de arrogância e perdição.

E amou de uma maneira tão gigantesca que ninguém pode medir. É muito amor, gente! Muito mais do que qualquer um de nós possa amar.

O vizinho que não conhece a Deus também é amado por Ele. Não temos o direito de perder tempo apontando o que ele faz de errado, se não demonstramos por palavras e principalmente ações o amor de Cristo. Como eu vou evangelizar, se eu digo que Jesus transforma e horas depois estou falando mal do meu vizinho ou armando um barraco com ele? Nossas ações tem que condizer com o nosso discurso, ou ninguém nos levará a sério. Pior: pode ser que não levem a palavra de Deus a sério.

Outra coisa: ninguém está imune ao erro. Temos que parar de enxergar as pessoas como super-heróis somente porque estão dentro da igreja. O poderoso da história é Deus. O cara pode ser pastor há 50 anos, ele não vai estar o tempo todo certo, e nem tudo o que sair da boca dele vai ser inspiração divina. Eu acredito muito que os nossos irmãos de fé tem muito a nos ensinar. Mas, nós também temos que ajudá-los. Temos que conhecer a palavra por contra própria e pedir discernimento ao Espírito Santo. Devemos saber identificar quando uma liderança está errada. Não para cair matando ou acusando, mas para não permitir que pessoas sigam o mesmo erro e se possível, mostrar o equivoco para a pessoa, com amor e delicadeza.

Nossos olhos devem estar bem abertos. Falsos profetas existem e não vem com uma placa de identificação no pescoço. Vamos olhar para o que evangelho diz e não somente para o que as pessoas dizem sobre ele.

... para que todo aquele que crer não morra, mas tenha a vida eterna.

TODO. Isso inclui gays, ateus, criminosos, vizinhos chatos... Inclui as pessoas contra quem nós evangélicos muitas vezes fazemos guerra. A luta não é contra a pessoa, mas contra o pecado. Gente, se Deus perdoa que moral eu tenho para condenar? Aconselhar, conversar são coisas bem diferentes que condenação...

A luta começa dentro da gente. Contra o nosso próprio pecado. Ninguém aceita Jesus na marra! É o Espírito Santo que convence. Não adianta forçar. Eu acredito muito no amor. No amor de Deus. E sonho no dia em que eu serei instrumento de paz e no dia que as pessoas enxerguem Jesus em mim. E corram para os lindos braços de amor que só Ele tem.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!