Garotas fãs de Cristo: Agradando a Deus ou às pessoas?

Agradando a Deus ou às pessoas?


Aquela sensação a qual precisamos da aprovação de outras pessoas para nos sentirmos melhor. Aquela sensação de não ser bem aceita pelas pessoas só porque tem pensamentos diferentes sobre algum assunto. Aquela sensação de que para ter amigos precisamos agradá-los e até mentir se for preciso para não perdê-los. Você já sentiu isso?
            



Eu posso dizer que já, e você pelo menos alguma vez já sentiu isso também. Sei muito bem que é uma sensação estranha, porque parece que tudo ao nosso redor está dando errado por nossa culpa. Essa sensação estranha significa que algo realmente está errado, mas em nós mesmas, em nosso interior. Estamos muito mais preocupadas pensando no que os outros vão achar do que o que Deus vai achar de nossas atitudes.

“Por acaso eu procuro a aprovação das pessoas? Não! O que eu quero é a aprovação de Deus. Será que agora estou querendo agradar as pessoas? Se estivesse, eu não seria servo de Cristo.” (Gálatas 1.10)

            Estava pedindo a Deus um assunto para abordar aqui no blog e Ele me tocou profundamente quando li esse versículo. Revelou-me primeiramente o que eu e muitas pessoas estamos fazendo ultimamente: preocupadas com o que as pessoas acham ao nosso respeito. É importante ao ler o versículo acima, se concentrar em sua última parte em que diz que se estamos procurando agradar as pessoas não somos servos de Cristo. Se você e eu temos essa preocupação, então não somos verdadeiramente servos do nosso Rei.

            Precisamos parar com essa mania de achar que se pensarmos diferente de outros, estamos erradas e precisamos concordar com eles em tudo. Eu já fui muito assim, temerosa com o que a sociedade pensa de mim. Mas aprendi algo: a sociedade tem valores deturpados, e como cristã não posso me igualar ao mundo; tenho que andar na contramão dele. Ser cristão é sinônimo de ser perseguido, odiado e não aceito por muitos. E o nosso querer não deve estar em agradar a sociedade e sim em agradar aquEle que nos criou.

            Um servo de Cristo não se preocupa em agradar as pessoas e nem espera a aprovação das mesmas. Um servo de Cristo se preocupa com o que Deus pensa ao seu respeito, se preocupa em como agradá-lO e busca a aprovação dEle.

“Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.” (2 Timóteo 2.15)

            Para ser um servo de Cristo (obreiro aprovado por Ele), você não deve se envergonhar do evangelho. Não precisa se sentir envergonhada quando tiver que declarar a sua fé em Jesus para todos. Não precisa ter medo do que os outros vão dizer só porque você é cristã e vive (e ensina) os valores que estão na Bíblia e que são diferentes do que a sociedade vive.

“Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê.” (Romanos 1.16)

            Para ser um servo aprovado por Ele você precisa conhecer em profundidade a Palavra da verdade, isto é, a Bíblia; e colocar em prática os seus ensinamentos. Você precisa estudar a Palavra e praticá-las em seu dia a dia. Saber instruir e passar os ensinamentos contidos para outras pessoas. E nunca negar o que está escrito na Bíblia para ficar “de bem” com outras pessoas. Você não precisa ter medo de expor a verdade em sua vida.

“Como pode o jovem manter pua a sua conduta? Vivendo de acordo com a tua palavra.” (Salmo 119.9)

            Quando prosseguimos em agradar a Deus e buscar a aprovação dEle, com certeza vamos enfrentar algumas situações as quais muitos vão nos julgar porque somos tementes a Deus e seguimos as Suas ordenanças. Se estiverem falando mal de você, fazendo insinuações só porque é cristã, não ligue, não dê importância, sinta-se feliz! “Contudo, se sofre como cristão, não se envergonhe, mas glorifique a Deus por meio desse nome.” (1 Pe 4.16).

            Quando buscamos agradar às pessoas e a aprovação delas, muitas vezes negamos os ensinamentos de Cristo. E pior, estamos colocando as pessoas em um grau de importância na nossa vida muito maior do que Deus. Estamos deixando Deus em segundo plano, e não pode ser assim. Deus teve estar em primeiro lugar em nossas vidas!

            Buscar agradar a Deus é muitas vezes sinônimo de desagradar algumas pessoas, e até perder a amizade delas. Mas não fique triste, porque se realmente fosse amigo de verdade não te deixaria só porque tem uma opinião diferente. Não estamos aqui para agradar as pessoas, mas sim para agradar a Deus. E a Ele seja dada toda honra e glória, que Ele seja sempre o centro do nosso viver.

Gostou? Deixe um comentário!
meu twitter / meu facebook / meu e-mail: abileneleite96@gmail.com
Fiquem na paz de Cristo!

2 comentários:

  1. Eu sou assim , mas depois que vi este comentário , abri meus olhos 1 Na escola , ninguém gosta de mim pois me acham lesada , criança e doida d+ só pelo meu jeito engraçado e extrovertido de ser . tento agradar a todos mas até as meninas que se dizem minhas amigas ñ me suportam e tbm falam mal de mim pelas costas . Até chorei com isso , mas Deus me deu amigas de verdade na igreja e eu sempre sei que tenho o meu melhor amigo que é Jesus !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kelzinha, valorize sempre as suas amigas verdadeiras que Deus lhe deu dentro da igreja. E se as pessoas da escola não gostam de você, o "problema" é delas, porque estão perdendo a oportunidade de estar com uma pessoa tão especial como você.

      Excluir

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!