Garotas fãs de Cristo: Nem tudo é somente o que parece

Nem tudo é somente o que parece


"As pessoas podem fazer seus planos, porém é Senhor quem dá a última palavra." - Provérbios 16.1

Quando a gente era criança tinha mania de pedir muita coisa, não é? Ir ao supermercado com os pais e se deparar com aquele mundo de doces e salgadinhos criava instantaneamente um desejo dentro da gente. E logo soltávamos um: “Mamãe, eu quero”!



E quando nossa doce mãezinha tinha a brilhante ideia de nos levar a uma loja de brinquedos? Criança + loja de brinquedos = pedido na certa. E se não dava para comprar nada, só podíamos admirar os brinquedos, a gente saia com uma carinha bem emburrada de lá...

Tanto no supermercado ou na loja de brinquedos, quando não podíamos ter alguma coisa, é porque certamente nossos pais sabiam que isso podia nos fazer mal. Pense em uma criança que come doce todo santo dia? Pode fazer mal à saúde, criar cárie e dor de barriga, além de criar um hábito nada saudável e deixar o pequeno viciado nas guloseimas. E a criança que sempre que quer tem um brinquedo novo? Pode achar que sempre tem que ter o que deseja e não dar valor a tudo o que já tem, acumulando coisas materiais. Sem contar o prejuízo que pode dar ao bolso dos pais.


Então, todas as vezes que tínhamos um de nossos pedidos negados, havia um razão por trás. Se sempre ganhássemos tudo o que queríamos, teríamos visto prejuízos em longo prazo na nossa vida adulta.

Só que no momento da negativa, em que nossos desejos definitivamente não seriam atendidos, nós não podíamos entender, não é mesmo? Não sabíamos o quanto isto seria útil para o nosso crescimento e aprendizado. No fundo, o brinquedo não era simplesmente um brinquedo. E o problema não estava nele, enquanto brinquedo, mas sim na aquisição dele. Existiam outros fatores que não podíamos enxergar. No final das contas, eles não eram somente o que aparentavam.

Acredito que isso lembre um pouco da nossa vida cristã. Sabe aquelas situações em que aparentemente não há pecado ou afastamento da presença do Senhor, como uma viagem ou emprego, e que quando você não consegue, simplesmente não dá para entender? A partir do momento em que você entregou sua vida nas mãos de Jesus, Ele vai nos livrar de coisas que nem mesmo a gente compreende. 

É que nem quando éramos pequenos. Parecia um sonho ter ou fazer algo. Mas na profundidade daquilo, existiam fatores que não podíamos enxergar, mas que poderiam nos atrapalhar.

Como no versículo, do inicio do texto. A gente faz planos sim. É normal e correto, não podemos ter uma vida ociosa. Mas Deus sabe de tudo e conhece o melhor para as nossas vidas. Deixá-Lo no controle é sinônimo de sabedoria.




2 comentários:

  1. Com certeza já precisei lembrar-me desse versículo muitas vezes...
    Lindo texto.
    Beijos
    comqueroupavouparaigreja.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Pois é, esse versículo fala de algo que não podemos esquecer! Obrigada! Volte sempre!

    ResponderExcluir

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!