Garotas fãs de Cristo: Suportai-vos uns aos outros

Suportai-vos uns aos outros

"Suportai-vos uns aos outros", alguma vez já passou pela sua cabeça o real significado desta exortação de Paulo? Na minha já, e é o que está faltando ultimamente dentro das igrejas.

Sentimos a necessidade de nos defendermos de tantos ataques que sofremos, tais como: julgamentos, inveja, represálias, entre outros. E onde entra a parte de nos suportar mutuamente?!

Somos membros do corpo de Cristo (1 Co 12.13) e a Bíblia fala muito sobre a união entre os irmãos (Sl 133.1), que somos unidos pela cruz (Ef 2.11-22) e que somos dependentes uns dos outros para vivermos a unidade do corpo (1 Co 12.14-20). Um corpo não pode ter a união dos membros se não houver a paciência de suportarmos uns aos outros.

Estamos vivendo um tempo de muita divisão do corpo de Cristo, percebo isso dentro da igreja e até no meu facebook que está cheio de indiretas horríveis, e é algo que me deixa triste, porque, além de demonstrar a divisão, ainda se torna um péssimo exemplo para quem está de fora.

Então, aqui vai alguns passos dados por Paulo e por Jesus para suportarmos uns aos outros:

  • Servir: 
"Tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar sua vida em resgate de muitos."

 Jesus veio para servir. Para Deus o maior é o que se faz menor, o que serve virá a ser o primeiro, mas quem se exalta demais se torna o último. Somos servos de Deus e estamos aqui para servir os nossos irmãos ajudando-os, as vezes até nos humilhando para que não venhamos a causar contendas no nosso meio, dessa forma servimos.

  • Perdoar: 
"Senhor, até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes?
Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete." Mateus 18.21-22 

 "Perdoem os outros, e Deus perdoará vocês." Lucas 6.37

Perdoar quem age contra nós de alguma forma que nos magoe e nos machuque profundamente  é extremamente difícil, mas é necessário. A falta de perdão nos deixa amargurados e nos faz escravos (Mateus 18.23-35).

  • Não julgar: 
"Não julguem os outros, e Deus não julgará vocês. Não condenem os outros, e Deus não condenará vocês." Lucas 6.37

Tanta gente tem se sentido maior do que o outro, vem se dizendo "santão" e começa a julgar as atitudes das pessoas. Há uma diferença entre exortar uma pessoa por um erro e julgar. Nós somos falhos e pecamos demais, mas Deus pode usar pessoas para nos apontar o caminho certo. Mas tem aqueles que motivados por inveja ou religiosidade demais começam a julgar coisas tão insignificantes (que eles acham ser pecados, mas que não passa de exageros de religiosos extremistas) e logo começam a dizer que fulano tá no mundo ou coisas do tipo.

  • Vigiar a boca:
"A boca fala do que está cheio o coração." Mateus 12.34 

Esse versículo já fala tudo né. Coração invejoso lança intrigas, coração arrogante não assume que está errado, coração egoísta não pode fazer nada pelo irmão, e por aí vai.

  • Se revestir do novo homem:
"Despojai-vos, igualmente, de tudo isto: ira, indignação, maldade, maledicência, linguagem obscena do vosso falar. Não mintais uns aos outros, uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos e vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou." Colossenses 3.8-10 

 "Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade." Colossenses 3.12

Por fim: "Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoais vós." Colossenses 3.13
Beijos... e que a Paz do Senhor seja com vocês!
Danielle.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!