Garotas fãs de Cristo: Era uma vez... a minha primeira vez.

Era uma vez... a minha primeira vez.


            Já deu pra perceber que hoje estarei falando sobre sexo. Escolhi esse título aí encima por causa de um livro da escritora Thalita Rebouças, que acho que a maioria aqui conhece e que pelo menos já ouviu falar sobre ele. Enfim, parece até clichê ficar falando aqui sobre sexo, mas é muito importante que vocês saibam sobre isso. Todas as meninas cristãs sabem que é pecado fazer sexo antes do casamento, é o que todos dizem, mas eu faço uma pergunta pra você: Por que é pecado? (Silêncio). Hoje você vai descobrir isso e muito mais...



            Por incrível que pareça, falar sobre sexo ainda é tabu e principalmente nas igrejas. Não há nenhum líder espiritual que possa aconselhar os jovens e que por sua vez acabam pedindo conselhos pra pessoas erradas. Fazer perguntas sobre sexo não é a mesma coisa que fazer sexo. E isso também não significa que você queira fazer sexo. Saber sobre sexo é educação, não uma quebra do seu voto com Deus e com seu corpo” (Katie Meier).

            O que há de errado em fazer sexo antes do casamento? Porque é pecado. E por que é pecado? Vamos analisar um versículo muito importante: “Por esta razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne (Gn 2.24). Se tornar uma só carne é uma intimidade profunda entre duas pessoas. O homem por sua vez deixará seu pai e sua mãe para formar uma nova família... Mas disso, quem sabe, falaremos em um próximo post. O que eu quero enfatizar aqui é um dado muito importante e que tenho convicção que muitas pessoas desconhecem. Quando você faz sexo, você está se entregando de corpo e alma para o outro; há uma troca. Cada vez que você transa com uma pessoa diferente está entregando uma parte de si para ela. É como colar dois pedaços de papel, quando tentamos desgrudá-los ambos papéis se rasgam e deixam cada um, uma marca nele. E a mesma coisa acontece quando você sai “dormindo” por aí com alguns rapazes.

            A questão do “tudo me é permitido, mas nem tudo me convém” (1 Co 6.12) cabe aqui também. Não é porque todo mundo faz sexo com seu namorado ou até mesmo “ficante” que você deve fazer o mesmo. Você não é todo mundo, você é uma princesa separada e escolhida por Deus desde o ventre de sua mãe (Jr 1.5). Você é diferente e não pode seguir os padrões que a sociedade exerce na vida das pessoas. Este assunto é tão sério que incrivelmente Deus quando nos fala sobre o Diabo diz para resistirmos e ele (Satanás) fugirá de nós (Tg 4.7); mas quando fala sobre os desejos da mocidade diz que devemos fugir deles (2 Tm 2.22).

             Sexo fora do casamento é pecado, pois “a vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual” (1 Ts 4.3). Minhas princesas, vocês não podem deixar que alguém faça qualquer coisa com seu corpo. Vocês não são produtos, vocês não foram criadas para serem um objeto sexual. O seu corpo é templo do Espírito Santo e por isso deve usá-lo para glorificar o nome do Senhor (1 Co 6.19,20). O seu “corpo, porém, não é para imoralidade, mas para o Senhor, e o Senhor para o corpo” (1 Co 6.13b). Lembre-se de que “quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus” (Rm 8.8). Então não dê ouvidos aos desejos da carne de querer ser sexualmente ativa, pois além de ser pecado você não tem estrutura física, emocional e espiritual suficiente para isso.

“Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem. Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça; pois essas coisas não são próprias para os santos” (Gl 5.19,21b; Efésios 5.3).

Eu não quero que a minha primeira vez seja num carro. Eu quero que a minha primeira seja algo sem culpa, que seja realmente lindo. Como terei noite de núpcias se eu não for mais virgem? Perde todo o encanto! Não quero ter de me preocupar com consequências como ficar grávida ou pegar uma DST. Não quero ser usada como objeto sexual para os rapazes e depois de transar eles me tratarem como um lixo, me descartarem. Prefiro me guardar e me proteger, a pressão será grande com certeza, mas me manterei firme ao meu propósito com Deus e com meu futuro marido. Não entregarei meu corpo a ninguém, e experimentarei as bênçãos de Deus por ter esperado nEle. Pois sexo só depois do casamento!” –– Abilene Leite.

            Se você está sendo pressionada por suas “amigas” a fazer sexo com algum rapaz, não ceda à essa pressão. Afinal, é bem provável você ter que mudar de círculo de amizade, pois quem ama respeita a decisão do outro. E falando nisso, se seu namorado tem te pressionado de alguma forma para que os dois possam fazer sexo, resista. Mantenha o seu foco em Cristo, diga ao rapaz que esta não é era hora que Deus reservou para vocês, alerte-o pois está caindo num laço do Inimigo. E se mesmo assim, ele te chantagear ou algo do tipo, termine o namoro. Pode parecer difícil no começo, mas valerá a pena pois se livrou de uma grande armadilha do Diabo.


O que achou deste post? Deixe um comentário!
Meu twitter: @AbileneLeite.
Meu facebook: Abilene Leite.
Tem dúvidas sobre este e outros assuntos e/ou precisa de conselhos? Envie-me um email: abileneleite96@gmail.com

12 comentários:

  1. oiiiii gostei do seu post e do seu blog tambem é tudo lindoooo amei seu post thauuuu bjsss!!!!

    http://fieisacristo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Achiley,

      Fico muito feliz que tenha gostado da postagem e do blog. Espero que volte sempre por aqui, hein.

      Mil Beijinhooos... =*

      Excluir
  2. "Cada vez que você transa com uma pessoa diferente está entregando uma parte de si para ela." Ô que mentira!!!
    parafraseando: "Você é diferente e não pode seguir os padrões que a religião exerce na vida das pessoas."
    "vc ñ tem estrutura física, emocional e espiritual suficiente para isso." Como vc pode dizer isso de alguém q vc nem conhece?
    até parece q um simples culto de casamento faz a pessoa de uma hr pra outra ter estrutura física,emocional e espiritual.
    "Como terei noite de núpcias se ñ for mais virgem? Perde todo o encanto!" Outra mentira! Eu tive noite de núpcias e foi ótima!
    "Não quero ter de me preocupar com consequências como ficar grávida ou pegar uma DST." Já ouviu falar em CAMISINHA???
    "Ñ quero ser usada como objeto sexual p/ rapazes e depois de transar me tratar como lixo" Nem todo cara faz isso.Ñ generalize!
    "quem ama respeita a decisão do outro". Então deus deveria respeitar a decisão de cada um de transar qdo bem quiser!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não acredita em Deus e em Suas palavras, não posso fazer nada! ;)

      Excluir
  3. Eu sou homem, infelizmente não sou perfeito como quero, mas estou vendo minha vida sendo transformada aos poucos! Graças a Deus, e a uma pessoa muito especial que Ele colocou no meu caminho.

    Acho linda essa posição tomada pelas garotas evangélicas! E acho que nós homens deveríamos também pensar mais a respeito disso. Os namorados, ou noivos, devem respeitar as vontades das companheiras.

    Nós homens somos muito mais suscetíveis a nos entregarmos aos desejos da carne do que as mulheres. Nós temos mania de viver em queda de braço uns com os outros. Parece que só é mais homem, aquele que consegue "pegar" o máximo de mulheres possível. É como se disso, dependesse a nossa reputação!

    Mas devemos ser fortes. Porque quando se ama, é preciso ser paciente, é preciso saber o momento certo. Deus tem um tempo certo para tudo, e não é diferente nesse caso.

    Como foi dito, "você se entrega de corpo e alma, há uma troca", e vocês entram num momento de descoberta! "Não entregarei meu corpo a ninguém, e experimentarei as bênçãos de Deus por ter esperado nEle" Por isso tudo, vale sim a pena aguardar! Vale sim a pena ser forte, e resistir até o último segundo que antecede o casamento!

    Por eu ser homem, poderia estar dizendo o contrário, mas realmente, não permita que pressões vindas de amigas, namorado, noivo, ou qualquer outra pessoa, te faça falhar! Mantenha-se firme! E se o seu namorado não conseguir aceitar, aguarde, e Deus com certeza te permitirá amar alguém que não te queira apenas fisicamente. Alguém que vai continuar te amando, mesmo que você nunca vá estar preparada para se entregar a ele.

    O amor verdadeiro, não precisa de apoios físicos para se manter de pé! Você não precisa se entregar a alguém para que essa pessoa continue te amando! Pense nisso. E que Deus continue abençoando a ti, e teu namorado, ou noivo, para que consigam juntos vencer os desejos de carne, e assim possam receber as muitas bençãos que Ele tem reservado para vocês como casal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uederson, você disse tudo! Parabéns... fico muito alegre em saber que existem homens que ainda pensam assim. <3

      Excluir
  4. Tenho 17 anos e perdi minha virgindade aos 16, quando acabei engravidando, hoje tenho uma filha de 3 meses e sou mãe solteira. Muitas vezes sofro por ter tomado a decisão errada. Será que ainda existe chance pra mim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que ainda existe chance para você! Por mais que você tenha cometido um erro, você se arrependeu e o Senhor nosso Deus já lhe perdoou sobre isso. Agora, o que você tem a fazer é esperar em Deus e não voltar a cometer o mesmo erro.

      Fique firme na fé. O Senhor tem muito mais para fazer em sua vida!
      Aconselho que leia a minha postagem: http://www.garotasfasdecristo.com.br/2014/10/estou-gravida-e-agora.html.

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Mas é claro que ainda existe chance pra você. Deus está sempre pronto a nos perdoar, e nos permitir desfrutar das bençãos que Ele reservou para cada um de nós, inclusive você! Você errou, mas se arrependeu, Deus não te condenará por esse erro a partir do momento que você se arrependeu e não mais o cometeu. Fique firme e não se martirize por isso, Deus tem uma chance pra você!

    ResponderExcluir
  6. É pecado trazar com nosso noivo? E tenho uma dúvida se Deus nos deu livre árbitro por que não podemos decidir com quem perder a virgindade? Acredito em Deus mais fiquei com essas dúvidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é pecado transar com o noivo, porque vocês ainda não estão casados. O ato sexual só pode ser desfrutado dentro do casamento.

      Deus nos deu livre-arbítrio, mas isso não significa que devemos fazer o que quisermos em nossas vidas. Deus também nos deu Sua Palavra, e ela nos orienta como devemos agir.

      Deus criou o sexo para ser desfrutado dentro dos laços do casamento. E os motivos são explicados nesta postagem.

      "Por este motivo, o homem deixará pai e mãe [sairá de casa para morar em sua própria casa] e se unirá à sua esposa [casará com sua esposa], e os dois se tornarão uma só carne [e os dois poderão se unir no ato sexual]." (Efésios 5.31 - adaptado)

      Excluir

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!