Garotas fãs de Cristo: Lanna Holder Parte III

Lanna Holder Parte III

Olá meninas,tudo bem?Saudades de postar aqui,semana passada trabalhei muito e não tive tempo peço descupas,mas como prometido entrvista da Lanna Holder depois do divorcio.

VEJAM AGORA ALGUMAS RESPOSTAS DADA EM SEU SITE OFICIAL APÓS O DIVÓRCIO:



Missionária, já se livrou do homossexualismo? Como está sendo este recomeço?


Na realidade, minha sexualidade não pode jamais definir meu relacionamento com Deus e tão pouco limitar o ministério dEle em minha vida. O que hoje eu sou, é fruto do amor do Pai e não uma definição chula como homossexual ou ex-homossexual. Aliás são palavras taxativas por demais.


Minha identidade de filha me isenta de qualquer rótulo inferior, por isso meu recomeço tem sido firmado no que o Pai me tornou e não naquilo que a sociedade ao meu redor me rotulou.




Gostaria muito de comprar o seu material, como consigo? Minha irmã é homossexual e eu gostaria que ela assistisse ao seu testemunho.


Em breve haverá no site uma loja virtual com todas as mensagens destes onze anos de ministério. O qual sem dúvida, lhe dará a possibilidade de adquirir o DVD com o testemunho.


Enquanto isso não acontece, me permita ser objetiva quanto a sua irmã. Mediante o que ela está vivendo, se você realmente deseja ganhar a alma dela para Cristo, apenas pregue a palavra e não exija midanças precoces, deixe que o Espírito Santo realize o trabalho dele em tempo oportuno e determinado. Ao passo que isso acontecer, apenas a ame, afinal o amor é o resultado da graça.


Missionária, gostaria de voltar o relacionamento com seu ex-marido?


Estas perguntas são frequentes e profecias também... (risos)


Minha resposta é não minha irmã, estamos vem dessa maneira!


Na realidade, meu relacionamento com meu ex-marido já está bem mais que definido. Estamos divorciados à quatro anos (pela lei americana) e já oficializamos o divórcio no Brasil. Ao passo que ele já está casado novamente e acredito que feliz. Assim, no momento o que nos une como amigos é o nosso filho.


Como indentificar se é um espírito de homossexualidade ou uma deficiência na alma por carência infantil?


Na realidade a deficiência está mais na igreja ou na instituição que tenta definir a raíz da homossexualidade do que nos indivíduos que lutam em meio as próprias dúvidas. A falta de preparo das igrejas e seus centros de reabilitação impõe a essas pessoas que já carregam um julgo pesado, um fardo ainda mais grosseiro. Que estes definam a base da Bíblia a origem e natureza da homossexualidade, porque ela nada diz como sendo de origem malígna ou como doença. O mais eu creio que possa sim ter sido por influência de abuso na infância, mas e quanto aqueles que nunca forão molestados? Assim eu deixo para Deus as respostas que nem eu, e nem ninguém tem!




A paz missionária! Aceitei a Cristo recentemente. Fui homossexual antes. Agora tento mudar tudo o que fazia e muitos me criticam e me aconselham. Quero que tudo em minha vida mude repentinamente. O que faço?


Nosso anseio de agradar a Deus nos leva a desejar prontamente alcançar o alvo.


Nesses quase quatorze anos de conversão aprendi que somos muito conduzidos por aquilo que as pessoas pensam a respeito de Deus e tentam impor a nós mesmos como verdades espirituais absolutas, quando na realidade nosso relacionamento com Ele é que definirá a base da nossa intimidade.


Não vamos agradá-Lo só porque acertamos, mas simplesmente porque não desistimos de tentar, mesmo que falhemos em muitas das vezes.


O problema é quando procedemos olhando para os lados, preocupados em como agradar a todos, e como humano não suportaremos de forma alguma a pressão, e arrebentaremos em revolta até mesmo contra Deus.


Querido tenha calma, Ele finalizará a obra, e se todas as mudanças que você deseja NÃO ocorra, todavia o amor Dele por você se fará imutável.Viva com Ele um relacionamento não uma permuta diária!


Me mostre biblicamente que no relacionamento homossexual, não há influências malignas.


Minha querida suas perguntas são um reflexo latente das ansiedades da sua alma, mas irei prontamente lhe responder, sabendo que algumas perguntas são como laço para mim, mas as respondo no intuito que o Senhor sonde entre meu alvo e o alvo dos demais.


Não estou aqui para defender a crise existencial ou homossexual de alguns, ou o movimento gay, estou aqui para pregar o Evangelho e, diga-se de passagem, a toda alma moribunda, das quais não me excluo.Biblicamente falando não temos nenhum exemplo de relacionamentos homossexuais para nos basearmos, mas quando em uma das respostas eu convidei os interessados no assunto a sondarem as Escrituras para definirem biblicamente a questão eu estava expondo uma triste realidade: sempre espiritualizamos ou atribuímos ao diabo o que não dominamos em completo conhecimento,e ao Pai cabe dizer onde há ação maligna, ou deficiência de alma e não a mim.




Gosto muito de você e sempre acreditei na sua volta. Quando vinham criticar, eu não gostava e sempre dizia o cair e do homem e o levantar de Deus! Tenho um desejo de te conhecer pessoalmente. Estou passando pelo deserto e as vezes penso que não vou sair mais. Vendo você firme e forte, creio no milagre. Desejo de coração toda benção do mundo pra você e seu filho. Como conseguiu sair do deserto em que se encontrava. Alguém lhe ajudou? Você agora esta em alguma igreja? Qual? Qual a sua opinião sobre aqueles que vêem seus irmãos caídos e não lhes é dado apoio?


Qualquer questão que eu possa suscitar a respeito desse assunto pode parecer uma autodefesa a tudo quanto eu mesma enfrentei em todo o processo de queda e desolação, mas não é.Certa vez eu li uma frase do Rev. Caio Fábio que dizia que a igreja é o único exército que mata os seus soldados feridos. Sem dúvida só podemos definir isso como verdade quando passamos por crises e fracassos no meio do rebanho e somos mutilados dia após dia pela indiferença e falta de amor de todo o sistema e quanto a isso somente o avivamento genuíno pode mudar este caos, trazendo o amor ao seio da igreja.


Graças a Deus que na época a Pastora Márcia Cunha resolveu fazer diferença na minha história, e me ajudar mesmo que estivesse sofrendo muitas afrontas por isso, me ajudando e me pastoreando por três anos.


Missionária Lanna, tenho um problema com homossexualismo, tento me conter até mesmo me privar de tudo e de todos. No momento estou afastada da igreja, mas toda vez que tento reconciliar com a igreja, a opressão maligna é muito forte junto com os pratos do maligno. Já tentei pedir auxílio mas é aquela coisa, ninguém sabe como lidar com essa situação! Como lidar com homossexualismo?


É normal que essas perguntas sejam freqüentes aqui no site, devido ao meu passado e a fatores ainda assim recentes que causaram o meu divórcio e minha parada ministerial por quatro anos.


Na realidade não existe, ao contrário do que muitos afirmam, uma formula mágica ou um roteiro de rituais religiosos nem mesmo de exorcismo para se resolver esta questão na vida dos que vivem tal dilema.


Particularmente e por experiência própria eu lhe aconselho a servir a Deus ainda que sinta que sua natureza não possa ser mudada, embora acredito que o crescimento na graça lhe conduzirá a um estágio de domínio próprio sobre essa circunstância. (Comentário do Blog: Reparem que aqui ela fala em domínio próprio, ou seja manter uma vida sexualmanete Inativa, e não em mudança ou reversão para heterosexualidade)


Todavia lhe peço que não desista afinal quem poderá lhe separar do amor de Cristo? Mediante a uma imensa lista de fatores externos que jamais poderiam afastar o apóstolo Paulo dessa grande descoberta do amor Ágape, eventualmente ele mesmo descobriu que nem mesmo um espinho na carne o separaria Dele e senão separou ao pobre Paulo, tão pouco a nós.


Missonária Lanna, primeiramente quero agradecer a Deus por sua vida determinada mesmo em meio a tantas pedradas recebidas. Deus é contigo! Você atualmente esta debaixo de alguma liderança espiritual ou está dizimando em alguma igreja. Se sim, qual?


Meu amado irmão sou membro da igreja Assembléia de Deus em Cidade Nova no Rio de Janeiro, isso referente ao Brasil. Quanto a America estou ligada ao ministério El Shekkinah, como estou ligada a ambos os ministérios sei que meu compromisso é com ambos!




Sou lésbica desde meus cinco anos, hoje tenho quarenta e seis. Como posso me livrar dessa maldição?


Primeiramente, desejo saber qual é a base que lhe leva a crer que seja consequência de uma maldição em sua vida? Em outras respostas relacionadas ao assunto, falo sobre o fato de pessoas que nasceram no evangelho sem possibilidade de estarem sendo visitadas por maldições passadas e que tiveram pais e avós cristãos e no entanto sofrem com tal inclinação. Sendo assim, você deve ter um motivo específico que te leve a crer piamente que em seu caso se trate de uma maldição por alguma prova cabal!


De outra forma, diria que você está dentre tantos casos reincidentes de pessoas que desde a infância sentem essa tendência à atração pelo mesmo sexo, por isso está incluída no rol dos que teem maior dificuldade em mudar sua inclinação e referência de identidade sexual.


Por isso lhe aconselho a continuar servindo ao Senhor ainda que não consiga mudar sua sexualidade. Essa insistência pode ser extremamente desgastante, por isso mantenha seu alvo na sua intimidade com o pai.


Missionária Lanna, foi fácil sair do homossexualismo? Fui homossexual e ainda tenho algumas coisas que me perseguem.


Definindo a homossexualidade em três classes, das quais está inclusa nas respostas dadas as diversas perguntas sobre esse assunto, Diria que depende em qual delas você esteja incluído.


Para muitos isso é um absurdo, mas não lido com espiritualidade abusiva fingindo ter resposta para o que não tenho e intentando ser a bússola na vida de tantos que se sentem perdidos quanto a essa questão. Me despojei do peso dessa responsabilidade quando vi alguns dos meus próprios conceitos e critérios teóricos caírem diante de mim em plena prática.


Prefiro admitir que nem todos conseguem mudar essa inclinação, sei que é inadmissível tal resposta visto que o Senhor cura todas as enfermidades (considerando a opinião daqueles que definem a homossexualidade como doença). Por que então, nem todos os que creem são curados de câncer ou de qualquer outra mazela? É porque eu acredito que o Senhor trabalha diferente com cada indivíduo, da mesma forma creio que cada pessoa que sofre com essa situação tem uma resposta diferente de outros.


Resumindo, talvez você nunca consiga ser como os demais homens, mas poderá ser como qualquer outro adorador, ou qualquer outro filho dentre tantos distintos! Nele que nos ama!
 
Confesso que fico chocada aoler tais absurdos.Vou indo nessa galerinha Bjos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS SUA VISITA! DEUS LHE ABENÇOE!